Moscou Rússia

Street Art em Moscou: A bailarina de Eduardo Kobra

Sempre que estamos viajando, a arte de rua nos chama a atenção. Paramos para tirar fotos, observar e sempre que possível, procuramos street art de artistas renomados. Quando estava preparando nosso roteiro pela Rússia, logo coloquei na lista uma Street Art em Moscou: A bailarina de Eduardo Kobra.

Fiz ballet clássico por muitos anos, então não poderia deixar de ver essa obra de arte. Nesse painel de 16 metros, Kobra pintou a imagem da bailarina russa Maya Plisetskaya. Quando ele foi convidado para fazer um painel em Moscou, escolheu a bailarina para unir a sua obra à cultura russa, principalmente de Moscou, que possui um dos melhores ballets do mundo, o Bolshoi.

Kobra pintou o painel em outubro de 2013, pouco antes do aniversário de 88 anos da bailarina. Dois anos mais tarde, quando Maya Plisetskaya faleceu, a imagem se tornou um marco em Moscou. Seis meses após a morte da bailarina, no dia que seria seu 90º aniversário, a praça onde fica localizado o painel, recebeu o nome da bailarina. Na mesma praça do mural, fica também uma estátua em homenagem à bailarina.

Mural A bailarina de Eduardo Kobra em Moscou

 

A bailarina de Eduardo Kobra

É interessante também conhecer um pouco mais da vida da bailarina retratada no mural de Kobra. Maya Plisetskaya nasceu em Moscou em 1925, iniciou no ballet aos 3 anos de idade, na escola de dança de Moscou. Se uniu à escola do Teatro Bolshoi em 1943, e logo se destacou, tornando-se prima ballerina com apenas 18 anos.

Em 1960, recebeu o título de prima ballerina assoluta do Teatro Bolshoi. É considerada uma das maiores bailarinas do século 20. Se destacou pela sua interpretação em A morte do cisne, sendo considerada uma das melhores interpretações desse solo. A leveza de seus braços e passos é realmente impressionante. Veja uma interpretação de A morte do cisne de Maya Plisetskaya.

 

Eduardo Kobra

Eduardo Kobra nasceu em 1975, na periferia de São Paulo. No seu site oficial, diz que começou na adolescência, na clandestinidade, pichar muros pela cidade. Trabalhou também fazendo cartazes, cenários e imagens decorativas para eventos. Em 2007, começou a se destacar na mídia pelas suas obras. Atualmente, é um dos muralistas mais reconhecidos, com mais de 500 obras nas ruas do Brasil e de mais 17 países.

Em 2017, bateu recorde, que era dele mesmo, do maior mural grafitado do mundo. A obra ocupa um mural de 5.742 metros quadrados, às margens da Rodovia Castelo Branco, em São Paulo.

 

Como chegar ao mural A bailarina de Eduardo Kobra em Moscou

O mural a bailarina de Kobra fica bem perto do teatro Bolshoi, cerca de 500 metros de distância. Você pode ir ao mural de transporte público, e tem várias estações de metrô por perto.

Na linha 2, verde, você poderá descer nas estações Teatralnaya e andar cerca de 850 metros, ou na estação Tverskaya, e andar a mesma distância.

Se estiver na linha 7, roxa, as estações mais próximas são: Pushkinskaya, cerca de 850 metros do mural e Kuznetsky Most, cerca e 800 metros de distância.

Você ainda pode chegar ao mural através da linha 1 de metrô, vermelha, e descer na estação Okhotny Ryad, está é a estação mais próxima, cerca de 650 metros do mural a bailarina de Eduardo Kobra.

Veja no mapa abaixo a localização do mural e das estações de metrô:

O endereço exato do mural é Bolshaya Dmitrovka 16.

O mural a bailarina de Eduardo Kobra é uma das coisas imperdíveis em Moscou, para quem gosta de ballet ou não. O painel impressiona pelo tamanho e pela beleza.

 

Mural A bailarina de Eduardo Kobra em Moscou Mural A bailarina de Eduardo Kobra em Moscou

 

Street Art pelo mundo

Existe muita arte de rua espalhada pelo mundo. Esse post faz parte de uma blogagem coletiva, onde diversos blogs contam sobre Street Art em diversos locais. Vejam só quanta coisa legal:

Destinos por onde andei… – Beco do Batman e a arte de rua em São Paulo

Ligado em Viagem – 5 cidades pelo mundo para ver o melhor da Street Art

Viagem Lado B – Onde ver o melhor da Street Art em SP, Londres e Berlim

Turistando.in – Arte de rua em Valparaiso, Chile 

Tá indo pra onde? – Graffity Alley – o melhor lugar em Toronto para quem curte street art

Vem que te Conto! – Conhecendo o Porto Maravilha (Boulevard Olímpico) RJ

Um Olhar Novo – Street Art entre Santa Apolônia e a Graça: Outro Olhar sobre Lisboa 

Cantinho de Ná – Street Art em 7 cidades pelo mundo

Let’s Fly Away – 4 super cidades com street art na América do Sul

Guia&turismo – O melhor da Street Art em Vitória




Booking.com

Planejando sua viagem?

Essas informações serão úteis para você

 Sempre que viajamos reservamos nossa hospedagem, seja em hotel ou hostel, pelo Booking.com. Veja todas as nossas experiências em hotéis/hostels durante as viagens.

Nunca viajamos sem um Seguro Viagem. Ainda não precisamos usá-lo, mas gostamos de estar prevenidos. Saiba como obter seu Seguro Viagem.

Ganhe tempo nas suas viagens comprando os ingressos antecipadamente pela Get your Guide. Eles oferecem ingressos para atrações, tours, passeios de barco, ingressos com várias atrações combinadas, entre outras opções. Garanta seu lugar e evite filas!

Você pode gostar também

17 Comentários

  • Reply
    Juliana Moreti
    29 de junho de 2018 at 13:46

    Que linda! Nao conhecia!
    O legal da arte do Kobra é que as identificamos de longe!
    😉

  • Reply
    Gisele Prosdocimi
    29 de junho de 2018 at 15:07

    Que maravilha de mural, tão delicado e colorido, uma bela homenagem. Amei o vídeo com a bailarina, parece que seus braços eram realmente as asas de um cisne, quanta delicadeza, merecida a homenagem à esta artista fantástica.

    • Reply
      Aline Dota Naganawa
      29 de junho de 2018 at 18:06

      Incrível essa atuação dela né! E o mural é realmente uma bela homenagem!

  • Reply
    Ana Carolina Santos
    29 de junho de 2018 at 15:09

    Que obra mais linda!! Kobra arrasa!!

  • Reply
    Aline DP
    29 de junho de 2018 at 17:33

    Kobra é incrível, né?
    Mas melhor ainda é esse post com a história por trás da pintura.
    Parabéns !

  • Reply
    Lulu Freitas
    30 de junho de 2018 at 12:57

    Os trabalhos do Kobra estão espalhados pelo mundo. Não conhecia esse em Moscou. Muito sensível! Adorei o post.

  • Reply
    Marcelo Ribeiro
    1 de julho de 2018 at 12:06

    Adorei conhecer a história da bailarina e consequentemente da arte. Gosto quando vejo uma bela obra saber o que ela é. Obrigado!

  • Reply
    Viagem LadoB
    3 de julho de 2018 at 12:27

    Que lindo esse mural! Adoramos as obras do Kobra, o estilo dele é super colorido.
    Aqui em SP tem um enorme na Av Paulista com o retrato do Oscar Niemeyer.

  • Reply
    Inês dota
    3 de julho de 2018 at 23:11

    Este vídeo é de arrepiar, emociona, voltei no tempo em que você também emocionava com sua arte, que Deus abençoe quem tem esse dom.

  • Reply
    Bruna Carvalho
    4 de julho de 2018 at 11:06

    Que arraso! Apaixonei!!!!

  • Reply
    Fernanda Scafi
    4 de julho de 2018 at 19:21

    Adoro os painéis do Kobra e já perdi a conta de quantos eu quero visitar pelo mundo! Não dou conta nem de ver os de SP pq toda hora surge algum novo hehehe

  • Reply
    Cynara Vianna
    10 de julho de 2018 at 13:57

    Uau, que mural é esse? Maravilhoso.

  • Deixe um comentário