Europa Malta

O que você precisa saber para planejar sua viagem para Malta

Malta é um lindo país que ainda está sendo turisticamente descoberto pelos brasileiros. Composto por um conjunto de 3 ilhas (MaltaGozo e Comino), com uma área de 316 Km², reúne muita história e lindas praias. Quer lugar melhor para passear?!

Atualmente, Malta tem uma população de 420.450 pessoas, e o país entrou para a União Europeia em 2004.

A história dessa ilha é muito interessante, a partir de 1530, os cavaleiros da Ordem de São João governaram o país. Essa ordem é atualmente conhecida como Cavaleiros de Malta, representada por uma estrela de 8 pontas, que é encontrada por todo o país.

Em 1565, os turcos otomanos tentaram conquistar a ilha, organizaram um cerco com o maior exército turco. Mas incrivelmente, os cavaleiros de Malta venceram, mesmo sendo em menor número.

Depois disso, em 1798, Napoleão Bonaparte invadiu e tomou a ilha. Mas em 1800, a Grã-Bretanha tomou o controle da ilha e assim ficou até 1974.

Durante a 2ª Guerra Mundial, Malta teve um papel importante devido a sua proximidade às linhas de navegação da Alemanha e seus aliados. O pais foi muito bombardeado, principalmente depois que a Itália entrou na guerra ao lado da Alemanha.

Os malteses dizem que são muito gratos aos britânicos, pois eles tinham apenas o interesse na localização da ilha e seus portos, e sendo assim, levaram muito progresso para a ilha.

A moeda oficial é o Euro, e todos por lá falam inglês, apesar da língua oficial ser o maltês. O maltês é uma mistura de árabe, italiano e um pouco de inglês, muitas vezes, quando escutamos, parece ser italiano, pela musicalidade.

Uma informação importante para planejar sua viagem é saber sobre as tomadas de Malta. Elas são padrão inglês, aqueles de 3 entradas e com certeza você precisará de adaptador. Nós esquecemos de levar o que tínhamos, e compramos um no aeroporto. A voltagem por lá é 220, como em toda a Europa.

 

Uma introdução da nossa maravilhosa viagem para Malta

Nós optamos por alugar um carro e assim conseguir explorar mais a ilha. Mas li relatos de pessoas que fizeram isso com ônibus público e não se arrependeram.

Gostamos muito de visitar tanto a parte histórica quanto as praias. As águas são cristalinas e não estavam tão geladas, o mar é bem calmo, e quase não tem ondas.

Algumas praias são de pedra e possuem muitas algas, portanto, um sapato de praia pode facilitar muito. Apesar de algumas serem de areia grossa, eu usei bastante meu sapato.

Uma coisa imperdível para se fazer em Malta é ver o pôr-do-sol. Tivemos a sorte de ver o pôr-do-sol em 3 lugares diferentes, e vou contar tudo nos próximos posts.

Ficamos 1 semana nesse país incrível, e temos muitas dicas:

Onde se hospedar na Ilha de Gozo

Onde se hospedar em Valletta

Parque Popeye Village

Roteiro de 1 dia em Valletta

Roteiro de 1 dia na Ilha de Gozo

Templos Megalíticos de Malta

Visitar a Blue Lagoon (Lagoa Azul)

Visitar a Blue Grotto (Gruta Azul)

Onde ver o pôr-do-sol em Malta

E tem muito mais, veja todas as postagens sobre Malta, clicando aqui.

 

Um blog que me ajudou muito no planejamento da viagem, que tem muita informação sobre o país, foi o By Brasileiros em Malta.

 

Enquanto isso, fiquem com o mapa do resumo do nosso trajeto, algumas fotos, e um vídeo que postei no Instagram Stories, e se não segue o blog no Instagram ainda, não perde tempo, segue lá: @contandodestinos e não perca mais nenhum passeio.

Nosso trajeto por Malta

Malta

 

Malta

 

Malta

 

Malta

 

Malta

Já está seguindo a gente nas redes sociais?! Aproveita, segue e não perca nenhuma das nossas aventuras e passeios!!

Facebook

Instagram

Twitter

Pinterest


Lembre-se!! Se você quiser ajudar o blog, reserve seu hotel pelo Booking.com diretamente nos links aqui do blog. Dessa forma, receberemos uma pequena comissão e você não pagará nada a mais por isso.



Booking.com

Você pode gostar também

Sem comentários

Deixe um comentário