Áustria Europa Parceria Viena

Freud Museum: Visita ao Museu de Sigmund Freud em Viena

Viena além de ser uma cidade com muita história, serviu de moradia para muitos intelectuais e artistas importantes, como Mozart, Trotsky e Freud. Outros que marcaram a história do século 20, também viveram na cidade, como Joseph Stalin e Adolf Hitler.

Um fato que nos chamou a atenção, é que a casa onde viveu e trabalhou Sigmund Freud agora é aberta ao público, e lá funciona um museu com diversos objetos que pertenceram ao pai da psicanálise, o Freud Museum. Foi nessa casa que Freud desenvolveu suas técnicas, estudos, escreveu seus livros e viveu com sua esposa e filhos. Colocamos esse museu no nosso roteiro e foi muito bom conhece-lo. Me fez ter vontade de descobrir um pouco mais sobre essa pessoa tão inteligente e que pensava tão a frente de seu tempo.

Antes de contar como foi a visita ao museu, vamos conhecer, de forma resumida, sobre a vida de Sigmund Freud.

Sigmund Freud Museum Viena

Planeje sua viagem ⇒ Encontre os melhores hotéis em Viena

 

Sigmund Freud

Nascido em 1856, numa cidade chamada Příbor, que pertencia ao Império Austro-húngaro e hoje pertence a República Tcheca, mudou-se para Viena com a família, quando ainda tinha 4 anos de idade.

No início da carreira, se dedicou às pesquisas científicas. Depois que conheceu Martha Bernays, o desejo de se casar, fez com que ele abandonasse o laboratório e começasse a trabalhar no Hospital Geral de Viena.

Freud passou a desenvolver seus estudos utilizando técnicas de hipnose em casos de histeria. Ele criou o termo “psicanálise” para designar um método para investigar os processos inconscientes e de outro modo inacessíveis do psiquismo.

Durante sua vida, publicou diversos livros, entre eles A Interpretação dos Sonhos e A psicopatologia da vida cotidiana, onde defendia suas ideias.

Sigmund Freud desenvolveu seu trabalho morando em Viena até 1938, quando a Áustria foi anexada à Alemanha Nazista. Por ser de origem judaica, ele foi “convidado” a se retirar do país. Para isso, ele teve que pagar o imposto de fuga que existia na época, e equivalia a 1/3 de todo seu patrimônio. Por já ser um médico famoso e respeitado, as autoridades nazistas deram-lhe a “oportunidade” de sair da Áustria, mas antes ele teve que escrever uma carta elogiando os nazistas. Freud escreveu a tal carta, mas na verdade zombou com a cara dos nazistas nas entrelinhas. Durante a 2ª Guerra, ele perdeu 4 irmãs, que morreram nos campos de concentração e extermínio nazista.

Nessa época, Freud mudou-se com a família para Londres. Onde ficou até a data de sua morte no ano seguinte, em 1939.

 

Freud Museum

O museu encontra-se na rua Berggasse número 19, num prédio no distrito 9 de Viena, a poucos metros da estação de metro Schottenring.

Freud Museum Freud Museum

Chegando ao primeiro andar desse prédio, logo se vê 2 portas. A da direita era a entrada da casa e a da esquerda era a entrada do consultório de Freud.

Freud Museum Freud Museum

A visita começa por onde era a entrada e a sala de espera do consultório. É incrível imaginar que pessoas esperaram ali para serem atendidas por Sigmund Freud.

Freud Museum Freud Museum

O museu nos mostra diversas fotos de Freud com seus amigos e intelectuais da época, além de objetos e obras de arte. Além disso, a entrada do museu dá direito a um áudio-guia, recheado de informações e curiosidades sobre a vida de Freud.

Quando Freud se mudou para Londres, levou com ele seu famoso divã. Portanto, o divã de Freud não se encontra no museu. Mas existem fotos de como era a sala de atendimento na época, e fotos que mostram o divã e onde ficava a poltrona que ele se sentava.

Freud Museum Freud Museum

Passando a sala onde aconteciam os atendimentos, fica a sala de Sigmund Freud. Onde ele escrevia sobre seus diagnósticos e tratamentos, sobre suas pesquisas e descobertas, onde também se encontrava sua biblioteca, com obras médicas e muitas obras de filosofia e literatura.

Freud Museum

Pudemos ver que em muitas fotos, Freud aparecia com um cigarro na mão. Ele fumava muito, e em uma ocasião chegou a dizer: “Se não posso fumar livremente, tampouco quero escrever”. Isso lhe trouxe consequências, morreu de câncer no palato (céu da boca).

Freud Museum

Na parte que ficava o apartamento da família Freud, estava uma exposição especial sobre como era a casa deles na época que lá moraram. Não existem muitos móveis da época, mas algumas fotos nos dão ideia de como era o apartamento.

 

Informações sobre o Freud Museum

Endereço: Berggasse, 19 – Viena

Horário de funcionamento: aberto todos os dias das 10 às 18 horas.

Valor da entrada: 12 euros por pessoa. O valor da entrada fica 8,50 euros se utilizar o Vienna City Card. Já escrevi sobre o cartão Vienna City Card, para ler clique aqui.

Site oficial do Freud Museum

 

Visitar o Freud Museum foi uma experiencia boa e muito interessante. Apesar de ser um pouco distante de outros pontos turísticos de Viena, valeu a pena conhecer. Ver objetos que pertenceram a uma figura que foi tão importante, imaginar como era o consultório que ele atendeu, o escritório onde ele pesquisou e estudou tantas coisas que mudaram a visão da saúde do ser humano, foi muito interessante. Alguns dos principais objetos de Freud encontram-se no museu dedicado a ele em Londres. Mas isso não torna a visita menos interessante. Afinal, foi naquele local que ele passou a maior parte dos seus dias.

 

*O Blog Contando Destinos recebeu as entradas do Freud Museum, e agradece pela oportunidade.  Salientamos que tudo que foi descrito aqui se baseia na nossa experiência durante a visita e são nossas opiniões pessoais.




Booking.com

Planejando sua viagem?

Essas informações serão úteis para você

 Sempre que viajamos reservamos nossa hospedagem, seja em hotel ou hostel, pelo Booking.com. Veja todas as nossas experiências em hotéis/hostels durante as viagens.

Nunca viajamos sem um Seguro Viagem. Ainda não precisamos usá-lo, mas gostamos de estar prevenidos. Saiba como obter seu Seguro Viagem.

Ganhe tempo nas suas viagens comprando os ingressos antecipadamente pela Ticketbar. Eles oferecem ingressos para atrações, tours, passeios de barco, ingressos com várias atrações combinadas, entre outras opções. Garanta seu lugar e evite filas!

Você pode gostar também

2 Comentários

  • Reply
    Inês
    25 de julho de 2017 at 00:35

    A visita a este museu deve ser muito boa, estudei um pouco sobre ele mas não tive esses detalhes, parabéns

  • Deixe uma resposta para Inês Cancelar