Europa França Mont Saint Michel Normandia

Mont Saint Michel na França – Guia completo para visitar

O Mont Saint Michel sempre esteve na nossa lista de lugares para conhecer. Esse castelo no topo de um monte, que as vezes fica cercado pelo mar, é um lugar inesquecível. Além de ser um dos lugares mais visitados na França. O Mont Saint Michel fica na Normandia, e durante nosso roteiro pela Normandia, colocamos o castelo nos lugares para visitar. Desde 1979, o Mont Saint Michel e sua baia foram declarados Patrimônios Mundiais da UNESCO.

Para entender e saber o que fazer no Mont Saint Michel, é preciso voltar um pouco e descobrir sua história. Dessa forma, descobrirá que na verdade, o que vemos de longe e achamos ser um castelo é uma abadia, e o monte é na verdade um vilarejo que se formou em volta da abadia. Muitas pessoas querem visitar o Mont Saint Michel quando ele está cercado de água, mas isso não acontece sempre, é preciso olhar o calendário das marés e se programar. Falaremos de tudo isso mais adiante.

História do Mont Saint Michel

A história do Mont Saint Michel começou por volta do século 8, quando o Arcanjo Miguel apareceu em sonho para o bispo Alberto e pediu que fosse construída uma igreja no monte. Dessa forma, ficou pronto em 16 de outubro de 709, o primeiro santuário no monte que foi dedicado ao anjo.

No século 11, foi fundada a igreja da abadia e começaram a ser construídos os edifícios do mosteiro na parte norte. No século 12, foi construída a parte oeste e sul. Ao mesmo tempo em que a abadia estava se desenvolvendo, uma vila foi surgindo na parte sudeste da ilha, cercada por muros que datam da época da Guerra dos Cem Anos.

Por quase mil anos, o Mont Saint Michel foi um dos locais de peregrinação mais importante para o ocidente medieval. Mas durante a Revolução Francesa, os monges foram expulsos e a abadia foi transformada numa prisão.

Apenas no final do século 19, a abadia passou por grandes restaurações e se desenvolveu para o turismo.

Mont Saint Michel

Informações importantes para visitar o Mont Saint Michel

Calendário das marés

Como já citei, olhar o calendário das marés é importante, pois assim, você poderá se programar melhor e tentar ver o Mont Saint Michel todo cercado de água.

Você encontra o calendário das marés de 2019 nesse link. Observe que os dias marcados de amarelo são os dias de maré alta. É importante também olhar os dias e horários marcados em vermelho, quando existe o risco de submersão da passagem ao monte, ficando, dessa forma, inacessível.

Além disso, é extremamente importante ressaltar que, é muito perigoso andar na baia, em volta do castelo, sem um guia autorizado. Isso porque a maré pode subir rapidamente e você não ter tempo suficiente de sair. Portanto, cuidado e não se arrisque!

Se você não conseguir ir no dia de maré cheia, não se preocupe, o lugar é igualmente lindo. Quando chegamos ao monte, a maré estava bem baixa. Enquanto estávamos visitando a abadia, percebemos que havia subido um pouco. Mas a paisagem toda é incrível, com a maré alta ou baixa, acredite.

Como chegar ao Mont Saint Michel

A melhor forma de chegar ao monte é de carro. Existem um grande estacionamento disponível. Esse estacionamento custa 6,50 euros por até 2 horas e 30 minutos. Mas com certeza, você usará mais que isso, portanto, o preço do estacionamento é 12 euros a cada 24 horas.

Esse estacionamento fica a 2,5 quilômetros de distância do monte, e para chegar até ele estão disponíveis ônibus gratuitos que te deixarão perto do monte. Outra forma de chegar até lá, é a pé, ou também utilizando carruagens, que são pagas a parte, e particularmente, não gostamos desse tipo de transporte. Portanto, optamos pelo ônibus, o ponto do ônibus é próximo do centro de turismo do castelo e tem uma frequência de 12 minutos. Não é permitido cachorros dentro do ônibus.

Alias, cachorros são permitidos no Mont Saint Michel, mas não dentro da Abadia. Se você pretende levar seu cachorrinho e quer visitar a abadia, eles disponibilizam um canil no centro de turismo. Você terá que deixar seu pet antes de pegar o ônibus. Veja mais informações no site. http://www.bienvenueaumontsaintmichel.com/en/preparing-your-visit/prices

Também existem ônibus de viagem que chegam ao monte, saindo de algumas estações de trem da França. Você pode ver algumas opções no site. https://www.ot-montsaintmichel.com/en/acces/venir-au-mont.htm

Excursões

Outra forma de chegar ao Mont Saint Michel é fazendo excursões. Algumas delas saem direto de Paris para o Mont Saint Michel e incluem tour guiado, a entrada da abadia e almoço.

Também existem passeios com apenas o traslado e a entrada para a abadia com áudio-guia:

E outro que inclui o traslado, o tour guiado e a entrada da abadia.

Quanto custa a entrada para o Mont Saint Michel

A entrada no Mont Saint Michel é gratuita. Já para visitar a Abadia, é necessário pagar a entrada, que custa 10 euros por pessoa. Eles disponibilizam também um áudio-guia, que está disponível em várias línguas, inclusive em português do Brasil. O áudio-guia custa 3 euros e achei que vale muito a pena, pois ele te passa muito mais informações enquanto você visita a abadia.

Você pode comprar o ingresso para a abadia com antecedência, e dessa forma, evitar filas.

Compre seu ingresso para visitar a Abadia sem fila

Horário de funcionamento da Abadia

A abadia está aberta para visitação diariamente das 9:30 às 18 horas no período de 01 de setembro a 30 de abril.

Já durante o período de 02 de maio a 31 de agosto, ela abre diariamente das 9 às 19 horas.

Ela permanece fechada durante os dias: 01 de janeiro, 01 de maio e 25 de dezembro.

Mont Saint Michel

Sabia que, para viajar para França o seguro-viagem é obrigatório? Garanta já o seu e faça uma viagem tranquila. Os leitores do blog tem desconto!
Use o cupom CONTANDODESTINOS e ganhe 5% de desconto em qualquer plano escolhido. E tem mais coisa boa, escolhendo o pagamento no boleto, você ganha + 5% de desconto. Faça agora sua cotação.

Seguros Promo

Quanto tempo é ideal para visitar o Mont Saint Michel

Muitas pessoas conhecem o monte com um bate-volta, e é possível conhecer todo o lugar e visitar a abadia em apenas um dia. Se você só puder fazer um bate-volta, faça! Não deixe de visitar o monte por isso.

Mas se puder pernoitar no monte, será maravilhoso. Como a maioria dos turistas fazem bate-volta, dormindo lá, poderá curtir o lugar durante o inicio da manha e a noite, curtindo muito mais o clima. De qualquer forma, um dia é o ideal para conhecer o Mont Saint Michel.

Mont Saint Michel

Informações úteis

No portão de entrada do Mont Saint Michel, do seu lado esquerdo, fica um centro de informações ao turista. Passe por lá e pegue seu mapa. Ele pode facilitar sua visita na hora de procurar restaurantes, cafés, banheiros ou até para se localizar dentro da vila.

Existem banheiros disponíveis gratuitamente dentro do Mont Saint Michel. Eles estão localizados na entrada da vila, ao lado da igreja paroquial e na entrada da abadia.

Não existem armários disponíveis. Portanto, não existem lugares para guardar malas, se sua intenção é fazer bate-volta com malas.

Cachorros são permitidos na vila, mas não são permitidos no ônibus que faz o trajeto do estacionamento até o monte, nem dentro da abadia. Já nos restaurantes, é necessário verificar com cada um.

O que visitar no Mont Saint Michel

A dica é chegar bem cedo. A vila com as ruas medievais vazias é um charme só. Além disso, a abadia anda estará vazia também, o que deixa a visita mais agradável.

Como já citei, a abadia é a principal atração do monte. É a construção mais alta quando você o vê de longe. Não deixe de visita-a por dentro.

Existe também uma pequena igreja, que foi construída entre os séculos XV e XVI e consagrada a São Pedro. Em frente essa igreja, existe uma estátua de Joana D´Arc, a santa padroeira da França. Dizem que essa estátua tem a mesma altura que tinha Joana D´Arc.

Existem outros museus dentro do monte, são 4:

Arqueoscópio – um museu que mostra a construção e a história sagrada do Mont Saint Michel

Museu de história – uma coleção de armar, pinturas, esculturas e outros objetos antigos.

Museu marítimo e ecológico – sobre as marés e a baia que fazem parte do Mont Saint Michel

Casa Tiphaine – uma casa do século 14 construída por Bertrand Duguesclin para sua esposa Tiphaine, com exposição de objetos, pinturas, móveis e tapeçarias da época.

A entrada para cada museu custa 9 euros por pessoa. Existe também um ticket que dá direito a visitar os 4 museus, que custa 18 euros por pessoa. Você pode comprar antecipadamente o ingresso para os 4 museus clicando aqui.

Além disso tudo, tem uma vila aos pés da abadia do Mont Saint Michel, com casas e ruas medievais. Passeie por elas, principalmente pela manhã e no final da tarde, quando a grande massa de turistas não está andando por lá.

Em algumas partes da muralha é possível andar, e aconselho. De lá se tem uma vista para o lado de fora do Mont Saint Michel. A paisagem é linda e além disso, olhando para dentro, você pode descobrir cantinhos charmosos.

Mont Saint Michel

Onde comer no Mont Saint Michel

É preciso destacar um prato famoso dentro dos muros do monte, é a famosa omelete. Ela era a especialidade de Annette Poulard, que tinha uma pousada e restaurante dentro do monte. A omelete tem sua receita mantida em segredo por mais de 130 anos. A omelete tem uma textura única, aerada e cremosa, e é cozido no fogão a lenha.

Mont Saint Michel

A omelete original é servida no restaurante La Mère Poulard, que fica na entrada do Mont Saint Michel. O preço não é muito convidativo, mas é o original. Mas se faz questão de provar esse prato típico, existem outros restaurantes que servem uma omelete semelhante dentro do monte.  

É preciso saber que, no prato vem só a omelete, sem nenhum acompanhamento e ela também não é recheada. Se quiser algum tipo de acompanhamento, deve ser pedido a parte.

A região também possui diversas cidras. Peça uma cidra local para acompanhar sua omelete. Fica uma delícia.

Onde se hospedar no Mont Saint Michel

Existem 2 opções para se hospedar no Mont Saint Michel, você pode escolher um hotel dentro do monte e fora do monte. Dentro do monte você curtirá todo o clima do lugar. Em compensação, se hospedar fora, poderá escolher um hotel que tem vista para o monte, que também será lindo.

Existem hotéis fora dos muros do monte que ainda estão localizados dentro perímetro do Mont Saint Michel. Esses são os ideais para se hospedar, pois poderá ir ao monte quando quiser, com o ônibus gratuito ou a pé. Entre os hotéis, destacamos:

Mercure Mont Saint Michel – Hotel 4 estrelas

Le Saint Aubert – Hotel 3 estrelas

Le Relais Du Roy – Hotel 3 estrelas

Hotel Gabriel – Hotel 3 estrelas

Hôtel Vert – Hotel 3 estrelas

Os próximos 2 hotéis possuem quartos com vista para o Mont Saint Michel. Imaginou dormir e acordar olhando essa maravilha?

Le Relais Saint Michel – Hotel 4 estrelas

Hotel De La Digue – Hotel 3 estrelas

Se optar por se hospedar dentro dos muros do Mont Saint Michel, é importante destacar que, lá os prédios são antigos e podem não ter elevadores. Portanto, se vai com muitas malas ou se tem alguma dificuldade d3e locomoção, analise bem os hotéis. Destacamos os seguintes hotéis:

La Vieille Auberge – Hotel 2 estrelas

Le Mouton Blanc – Hotel 3 estrelas

Auberge Saint Pierre – Hotel 3 estrelas

Hôtel la Croix Blanche – Hotel 3 estrelas

Les Terrasses Poulard – Hotel 3 estrelas

La Mère Poulard – Hotel 3 estrelas e o mesmo onde fica o restaurante que serve a famosa e original omelete do monte.

Com todas essas informações, você conseguirá planejar sua viagem. Desejamos que a sua visita ao Mont Saint Michel seja linda e que guarde momentos maravilhosos desse monumento da Normandia.

Planejando sua viagem?

Estamos aqui para te ajudar! Essas informações serão úteis para você:

 Sempre que viajamos reservamos nossa hospedagem, seja em hotel ou hostel, pelo Booking.com. Tem algumas vantagens e para nós, a mais importante é que a maioria dos estabelecimentos tem cancelamento grátis. Isso ajuda muito, caso tenha algum contratempo ainda antes de viajar. Veja todas as nossas experiências em hotéis/hostels durante as viagens.

Em muitos países o Seguro Viagem é obrigatório e pode ser exigido na imigração. Por isso, nunca viaje sem. Aproveite a promoção de férias!! Clique aqui, utilize o cupom PROTETORSOLAR e ganhe 10% de desconto em qualquer plano escolhido. Se quiser pagar menos ainda, escolha o boleto como forma de pagamento e ganhe mais 5% de desconto.

Ganhe tempo nas suas viagens comprando os ingressos antecipadamente pela Get your Guide. Eles oferecem ingressos para atrações, tours, passeios de barco, ingressos com várias atrações combinadas, entre outras opções. Garanta seu lugar e evite filas!

Fazendo as reservas pelos links acima, você não paga nada a mais e nós recebemos uma comissão, que nos ajuda a manter o blog e trazer sempre conteúdos novos e de qualidade para auxiliar na sua viagem.
Booking.com

Você pode gostar também

Sem comentários

Deixe um comentário