Europa Irlanda

Perrengue de viagem – o dia que perdemos o voo em Dublin

Todo viajante passa por algum perrengue de viagem algum dia. Confesso que temos sorte, e passamos por poucos perrengues até agora. Os perrengues não dependem só de planejar bem uma viagem, alguns imprevistos podem ocorrer e resultar em um belo perrengue. Mas o interessante é saber como lidar com isso.

No nosso perrengue, depois que o nervosismo passou, aproveitamos e conhecemos um lugar incrível.

Nosso primeiro grande e inesquecível perrengue de viagem foi o dia que perdemos o voo em Dublin. Ficamos 1 semana na Irlanda, rodando por várias cidades. A viagem foi maravilhosa, lugares lindos, passeios excelentes, adoramos tudo e principalmente o país.

Perrengue de viagem

No último dia estávamos em Kilkenny e íamos direto para o aeroporto, a distância era de aproximadamente 135 Km. Como saímos cedo e tínhamos tempo, resolvemos fazer um desvio e conhecer as ruínas de Dunamase, Rock of Dunamase. O desvio não seria muito grande já que as ruínas desse castelo ficavam no caminho.

Depois de sair das ruínas de Dunamase, pegamos um transito absuuuuurdo, tudo parado! Vimos os minutos correndo e nós parados praticamente no mesmo lugar da estrada. Começamos a achar que não daria tempo, mas mesmo assim continuamos correndo.

Chegamos no aeroporto, conseguimos fazer o check in e corremos para o portão de embarque. Passar pela revista da Polícia Federal foi rápido, mas o aeroporto de Dublin é enooooorme, e mesmo correndo muito, quando chegamos ao portão de embarque, o avião tinha acabado de fechar as portas. Tentamos falar com a atendente, que entrou em contato com os tripulantes do avião, mas tudo sem sucesso. Ela nos orientou a voltar para o balcão e ver se conseguiríamos remarcar o voo. Logo atrás de nós chegou um outro casal, que perdeu o mesmo voo.

 

O que fazer quando se perde o voo?

Ficamos muito nervosos porque isso nunca tinha acontecido conosco antes, mas corremos para o balcão para tentar resolver tudo o mais rápido possível. Chegando no balcão, fomos informados que só teria voo no final do dia seguinte, e teríamos que pagar 100€ por pessoa para remarcar. Como não tinha outro jeito, pagamos e remarcamos, e pegamos os 2 últimos lugares desse outro voo. Para quem pagou por volta de 75€ as passagens ida e volta para 2 pessoas, pagar 100€ por pessoa apenas na remarcação da volta foi beeeeeem bem salgado.

O casal chegou logo após que remarcamos nossas passagens, e não tinha mais lugar para eles. Fiquei aliviada, porque se não tivéssemos corrido, poderia ser pior.

Depois de resolver as passagens, ainda tínhamos outro problema, onde dormir para pegar o voo de volta apenas no dia seguinte.

Normalmente, no aeroporto tem um painel com sugestões de hotéis próximos, mas nenhum tinha vaga. Procuramos no Booking.com e não encontramos nada por perto. Que sufoco!!
O Arthur, que estava um pouco mais calmo, conseguiu encontrar um hotel que ficava a uns 30 minutos do aeroporto, e lá fomos nós.

O hotel era confortável, e para nossa alegria, tinha um bar, onde pudemos tomar uma boa cerveja irlandesa e relaxar para tentar esquecer o stress que passamos no aeroporto.

O perrengue de viagem que virou um passeio incrível

Para aproveitar o dia seguinte que não estava nos nossos planos, saímos do hotel bem cedo e fomos conhecer o Brú na Boinne, que é um conjunto arqueológico no vale do rio Boyne, que fica a 40 km ao norte de Dublin.

Brú na Boinne

Brú na Boinne – Patrimônio Mundial da UNESCO

Nesse conjunto encontra-se traços da civilização pré-histórica, com construções de aproximadamente 6000 anos.

Dessa vez ficamos bem de olho no relógio e saímos do Brú na Boinne com bastante antecedência, já em direção ao aeroporto.

E nessa segunda tentativa, tudo saiu bem e conseguimos pegar nosso voo de volta para a Alemanha sem nenhum problema.

Esse perrengue nos ensinou uma lição, sempre, sem exceção, programar para chegar bem cedo ao aeroporto e contar com tempo de possível transito no caminho. Isso previne stress físico, psicológico e principalmente um “stress no bolso”.

Mas no fim, conseguimos dar a volta por cima e ainda aproveitar o dia que ganhamos a mais por conta do nosso perrengue de viagem.

Brú na Boinne


Já está seguindo a gente nas redes sociais?! Aproveita, segue e não perca nenhuma das nossas aventuras e passeios!!

Facebook

Instagram

Twitter

Pinterest


Procurando um hotel para sua próxima viagem?

Booking.com


*Reservando seu hotel diretamente aqui no blog, recebemos uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso. Essa é uma ótima forma de ajudar o blog!

Você pode gostar também

Sem comentários

Deixe um comentário