Moscou Rússia

Bunker 42 em Moscou

O Bunker 42 é uma fortificação construída no subsolo de Moscou. Quem passa pela frente, pode nem ver a entrada dele, que hoje é aberto para visitações e mostra como eram partes das instalações. Após a 2ª Guerra Mundial, com uma ameaça de guerra nuclear entre a antiga União Soviética e os Estados Unidos, Joseph Stalin resolveu construir um abrigo subterrâneo para se proteger. A intenção de Stalin era não só se proteger, mas também poder desenvolver a sua própria bomba nuclear em absoluto sigilo.

Foram feitos alguns estudos e testes, através deles conclui-se que, para não ter atingido por bomba nuclear, o abrigo deveria ter no mínimo 65 metros de profundidade. Assim, se começou, em 1951, a construção, ligada aos túneis de metrô já existentes em Moscou. Como era um projeto sigiloso, os trabalhadores entravam pelos tuneis de metrô e para o restante da população, eles estavam fazendo apenas obras de manutenção nos tuneis.

A localização foi escolhida com cuidado, pois não poderia interferir nas construções já existentes de metrô, e ao mesmo tempo, teria que ser perto do Kremlin, onde fica o governo da Rússia, pois eles precisariam se locomover rápido no caso de um ataque nuclear. O Bunker 42 fica a aproximadamente 3,5 quilômetros de distância do Kremlin, perto da estação Taganskaya de metrô. O Bunker 42 fica afastado do centro de Moscou, mas é bem fácil chegar utilizando o transporte público.

Bunker 42

Na década de 60, o Bunker 42 foi equipado com tudo necessário para sobrevivência no caso de um ataque nuclear, isso incluía alimentos, combustível, e até água, vinda de poços artesianos que eram exclusivos do abrigo. Até 3000 pessoas poderiam viver e trabalhar no abrigo por 90 dias sem precisar de ajuda externa. No final da década de 80, o centro de comando aéreo do abrigo foi transferido. Pois, um lugar que foi construído nos anos 50, já não suportaria um ataque com as armas atuais.

Como é a visita ao Bunker 42

Em 2006, o abrigo foi colocar em leilão e comprado por uma empresa privada que tinha como objetivo transformá-lo num museu aberto ao público e num restaurante. Em abril de 2007, o local foi aberto para visitações.

É importante ressaltar que é necessário reservar seu horário para visitar o Bunker42 em Moscou. Pede-se para fazer a reserva por telefone, mas você pode tentar fazer também por e-mail. Tem todas as informações no site oficial.

Bunker 42

A visita é somente guiada e começa com a descida de muitos andares, afinal o abrigo fica a 65 metros de profundidade. O guia conta um pouco sobre o abrigo, construção, objetivos, entre outras coisas. Numa sala como de cinema, um filme breve mostra como era o dia-a-dia dentro do abrigo.

Passamos também por uma sala de comando, de onde os soviéticos poderiam apertar um botão e liberar uma bomba nuclear.

Bunker 42

Hoje, o abrigo é realmente um museu e modificado para esse fim. Mesmo assim, é muito interessante ver toda a estrutura, lugares onde passaram personalidades importantes, como Stalin, e ver uma construção que foi tão importante para a história da Rússia.

Bunker 42

Para sair, você subir novamente os muitos andares de escada, ou usar o elevador, que fica cheio, mas funciona perfeitamente.

Informações para visitar o Bunker 42

Como já disse, é importante reservar com antecedência o tour. Para fazer isso, pegue as informações no site oficial.

Para chegar ao Bunker 42, pegue a linha de metrô 5 (marrom) ou 7 (roxa), e desça na estação Taganskaya. Aproveite para apreciar a estação, as estações de metrô de Moscou são verdadeiras obras de arte. Saindo da estação de metrô, o Bunker 42 fica a uma distância de aproximadamente 300 metros.

Conhecer o Bunker 42 é um passeio que vale a pena em Moscou, principalmente para quem se interessa por história.

Você pode gostar também

Sem comentários

Deixe um comentário