Aachen receitas

Como fazer uma Feijoada na Alemanha – adaptação dos ingredientes

Sábado é dia de feijoada, e como bons brasileiros que somos, adoramos uma. Num sábado chuvoso resolvemos tentar fazer nossa primeira feijoada aqui em casa.
Então vem a pergunta: Tem os ingredientes para feijoada na Alemanha? Recorremos ao tio Google, como sempre, e encontramos algumas adaptações. Achei nesse blog Na Alemanha tem?, algumas coisas bem legais, e acabei fazendo as minhas adaptações também. Vamos aos ingredientes? 🙂
Acabei não tirando nenhuma foto, mas vou tentar explicar direitinho.

Ingredientes da Feijoada na Alemanha

Para a parte das linguiças usei 2 tipos: Mettenden e Cabanossi.

Mettenden
Foto: http://www.klaas-pitsch.de/index.php/produkte.html

Essa primeira é muito fácil de achar. Algumas pessoas usam ela crua e outras usam a defumada. Eu usei a crua mesmo. Um pacote com 4 linguiças (300grs) custou 1,69€. Usei 2 para feijoada e 1 para farofa.
A Cabanossi usamos uma que gostamos muito, inclusive para comer como petisco com uma cervejinha gelada. É essa aqui:

Foto: http://www.klaas-pitsch.de/index.php/produkte.html

Esse pacote que vem 2 linguiças e tem 150grs, custou 1,99€. Usei as 2.

Carne de porco é a coisa mais fácil de achar na Alemanha, e são ótimas. Usei a costelinha de porco, que comprei como Schälrippchen vom Schwein, e custou 3,99€ o quilo. Usei uma bandeija com 712grs que custou 2,84€.

Uma outra carne que o pessoal costuma usar por aqui é o Kassler, que é o lombinho de porco.

Mas como não achamos no mercado resolvemos substituir por Kotelett, que é costeleta de porco, aquela que vem com um ossinho, e deu super certo. O quilo custou 6,99€, mas usamos um pacote com 479grs que custou 3,35€.

Compramos também uma pecinha de bacon, que usei pra feijoada, couve e farofa e mesmo assim, não usamos tudo. A peça com 350grs custou 3,79€.
Um tempero que não pode faltar na feijoada e vai muito bom com um feijãozinho, são as folhas de louro. Aqui na Alemanha elas se chamam Lorbeer, e encontramos facilmente as folhas secas, na parte de temperos.

Compre esse aqui:

Foto: http://www.fuchs.de/gewuerz/Lorbeerblaetter_54480.html

Custou 1,99€ um pacote com 7grs. Parece pouco, mas vem muita folha.

O Feijão

Agora a parte mais difícil, o feijão preto!!! Aqui em Aachen, tem uma loja de produtos brasileiros que sempre tem feijão preto, e dizem também que em lojas de produtos asiáticos conseguimos encontrar.
No mercado que eu fui não tinha feijão preto, e como eu não estava com vontade de ficar passando em vários lugares para ficar comprando as coisas pra a feijuca, não pensei 2 vezes e substitui o feijão preto pelo Red Kidney. Comprei esse:

Foto: http://www.muellers-muehle.de/private-haushalte/produktwelt/erbsen-linsen-bohnen/red-kidney-bohnen.html

É um feijão meio vermelho, que no resultado final, nem deu tanta diferença!! Um pacote com 500grs custou 1,69€. Usei aproximadamente 400grs.
O custo total da nossa feijoada foi, 17,34€. Mas não podemos esquecer que tivemos sobras de: Mettenden, bacon, feijão e louro.
Essa quantidade dá para 3 pessoas com muita, mas muita fome, ou para 4 pessoas com uma fome normal, e com sobras.
Como fazer a feijoada, não tem muito segredo, é só seguir a intuição e as dicas da mamis, claro!!rs

Couve na Alemanha

Ahh não poderia deixar de contar um segredinho em relação a couve. Eu já li em muitos lugares e até já comi na casa de amigos brasileiros, uma couve refogada que se faz aqui com folhas de Kohlrabi. O nome desse vegetal no Brasil é Couve Rábano, não sei se alguém conhece, eu nunca tinha ouvido falar.

O sabor das folhas de Kohlrabi cortadas e refogadas, se aproxima muito do sabor da couve. E querem saber a melhor parte?

Essas folhas ficam jogadas numa caixa nos supermercados por aqui para serem jogadas fora, e portanto, são de graça. Isso mesmo, os alemães quando vão comprar Kohlrabi, tiram as folhas e jogam numa caixa. Para pegar, é so colocar num saquinho e mostrar no caixa que são apenas as folhas, eles realmente não cobram nada. Foi o que fizemos. Normalmente, as pessoas pegam essas folhas para dar aos coelhos.

Fiz a couve adaptada refogada com bacon e bastante alho, ficou uma delícia!!

Esse é o Kohlrabi, e as folhas parecem mesmo com as de couve
Foto: http://de.wikipedia.org/wiki/Kohlrabi

E ainda não poderia faltar uma farofinha, receita da mamis, mas nunca fica igual a dela, a dela é melhor, lógico…rsrs, laranjas e uma cachaça brasileiríssima!! 🙂

O resultado

Feijoada na Alemanha
Que orgulho da minha primeira feijoada!! 🙂

Adorei fazer a feijoada pela primeira vez e achei que não dá tanto trabalho assim, como leva a fama. Agora vou conseguir apresentar esse delicioso prato para meus amigos daqui que ainda não conhecem!!
Quem sabe da próxima vez tiro umas fotos da preparação. 🙂

Bis bald
Bjooo

Booking.com

Você pode gostar também

9 Comentários

  • Reply
    Inês Dota
    12 de abril de 2015 at 15:11

    Parabéns filha, parece que ficou muito bom, vou querer provar kkkk

  • Reply
    Larissa Caritá
    21 de julho de 2016 at 06:57

    Olá… Estou pensando em fazer uma feijoada aqui na casa da minha Host. Sou AuPair em Hinte DE PODE ME AJUDAR?

  • Reply
    A Li na Alemanha
    21 de julho de 2016 at 06:58

    Que ajuda você precisa Larissa??

  • Reply
    Marcelo
    22 de junho de 2017 at 09:24

    Feijão preto? Comprei na Amazon alemã. Sério.

    • Reply
      Aline Dota Naganawa
      29 de junho de 2017 at 06:02

      Sim Marcelo, tem muitos produtos brasileiros no Amazon. Mas como disse no texto, quando resolvi fazer a feijoada não queria ficar rodando em vários lugares atrás do feijão preto, e nem teria tempo para esperar o envio pelo correio. Portanto, fiz com o outro feijão e não deixou nada a desejar. É sempre bom ter outras opções para adaptar!! 😉

  • Reply
    Silvia Trawny
    2 de novembro de 2018 at 13:39

    Gente, em qualquer supermercado Bio tem feijão preto. Só no meu bairro tem 4 lojas que vendem. E são pequenos, fáceis de cozinhar!

    • Reply
      Aline Dota Naganawa
      4 de novembro de 2018 at 11:45

      Que bom que você acha facilmente, Silvia. Aqui na cidade que moro, não era tão fácil de achar quando esse post foi escrito. E no mercado brasileiro, o feijão preto custava 3x mais que o feijão vermelho. Agora encontro o preto em mercados turcos, sem problemas. Mas fica a dica para quem mora em cidade bem pequena, e não consegue achar tão fácil assim o feijão preto. O feijão vermelho substitui e muito bem!

  • Reply
    FERNANDO KIECHLE
    15 de fevereiro de 2019 at 17:07

    Ola, voce poderia postar também a receita desta feijoada ?

    • Reply
      Aline Dota Naganawa
      18 de fevereiro de 2019 at 06:18

      Olá Fernando, não tenho a receita, uso esses produtos que coloquei no post, de acordo com a quantidade de pessoas.
      😉

    Deixe um comentário