Bélgica Cervejaria Cervejaria Belga cidades da Bélgica Europa

Visita a cervejaria Bosteels, que produz as cervejas: Kwak, DeuS e Karmeliet na Bélgica

A Bélgica é famosa por suas cervejas. Em muitas cidades belgas, inclusive as pequenas, encontramos cervejarias que podem ser visitadas. Já visitamos algumas como a Cervejaria St. Bernardus e Het Anker. Agora foi a vez da cervejaria Bosteels, que produz as cervejas: Kwak, DeuS e Karmeliet.

Evarist Bosteels fundou a cervejaria em 1791, e ela permaneceu nas mãos da família Bosteels por mais de 200 anos e sete gerações. Está localizada em Buggenhout, uma pequena cidade que fica a aproximadamente 30 quilômetros de Bruxelas. Sendo assim, é uma excelente opção de passeio bate-volta partindo da capital da Bélgica.

Em 2016, a cervejaria Bosteels foi vendida para a AB InBev, que decidiu manter as formulas originais das cervejas e a localização original da cervejaria.

Para visitar a cervejaria é preciso entrar em contato antecipadamente e agendar. Normalmente as visitas são realizadas apenas durante a semana. Quando fizemos, a visita com degustação da Karmeliet e Kwak no final, custou 4 euros por pessoa. Para degustar a DeuS também, a visita custou 5 euros (que eu acho que vale muito a pena). Para agendar a visita, acesse o site oficial da cervejaria e preencha o formulário.

Planeje sua viagem ⇒ Encontre os melhores hotéis em Bruxelas

 

Como foi nossa visita à cervejaria Bosteels

Fizemos a visita em holandês. Apesar de ser meio parecido com o alemão, entendemos pouco. Mas a guia falava algumas coisas em inglês para a gente não “boiar” tanto.

Começou com a história da cervejaria, da casa que fica bem na entrada e era a residência da família Bosteels, e das carruagens.

cervejaria Bosteels cervejaria Bosteels

O copo da cerveja Kwak foi inventado para que conseguissem encaixar na carruagem e assim iam tomando durante a viagem sem deixar que a cerveja caísse do copo. Esse é realmente um copo especial, e a cerveja é servida até hoje no mesmo tipo de copo.

cervejaria Bosteels

Depois a visita continuou para a produção das cervejas. Visitamos os antigos tanques de cobre e a parte nova da cervejaria, que foi toda modernizada.

cervejaria Bosteels cervejaria Bosteels

Depois foi a vez de onde a cerveja é engarrafada, tampada e rotulada.

cervejaria Bosteels cervejaria Bosteels

A guia não falou especificamente da fabricação de cada cerveja, foi mais uma visita geral, dentro de uma cervejaria.

A visita termina com a melhor e mais esperada parte, a degustação. A degustação começou com a cerveja Kwak e depois a Karmeliet, que tínhamos a opção de escolher o copo grande ou pequeno.

cervejaria Bosteels

E para o final da degustação fica a cerveja DeuS. A cerveja é produzida num processo parecido com a Champagne. Refrescante, é ideal para aperitivos, entradas e/ou comemorações.

cervejaria Bosteels

No Brasil uma garrafa de cerveja DeuS de 750ml pode custar mais de 200 reais.

Durante a degustação, passa um filme com mais um pouco sobre a história da cervejaria e suas cervejas.

cervejaria Bosteels cervejaria Bosteels

Após a degustação pode-se adquirir as cervejas, seus respectivos copos e souvenires.

 

Nossas considerações

Achamos que a visita à cervejaria não tem nada de tão diferente. Já visitamos cervejarias que mostram muito mais da sua produção, como a Het Anker em Mechelen, também na Bélgica. Mas a degustação no final vale muito a pena, as cervejas Kwak, Karmeliet e DeuS que são produzidas na cervejaria Bosteels são deliciosas. E como fazemos coleção dos copos de cerveja, é sempre mais legal ter adquirido o copo na própria cervejaria.

cervejaria Bosteels

 

Endereço: Kerkstraat 96, Buggenhout – Bélgica

Site oficial




Booking.com

Você pode gostar também

4 Comentários

  • Reply
    César
    21 de março de 2019 at 14:22

    Olá, não estou conseguindo realizar o agendamento para visitar a cervejaria, sabe se existe outra forma?

  • Reply
    Antonio Carlos
    9 de maio de 2019 at 11:25

    Olá Aline,
    Tenho um grupo de amigos e estamos programando uma viagem pelo rio Reno, saindo de Amisterdam até Treveris.
    O que vc sugere em Treveris, pois estamos pensando em esticar a viagem em 8 dias lá.
    Voce aconselharia?

  • Deixe um comentário