Alemanha Berlim Cidades da Alemanha Região Leste Alemanha

DDR Museum – Dicas e informações para visitar o museu

O DDR Museum fica em Berlim e é um dos museus mais visitados da cidade. Totalmente interativo, conta como era vida na Alemanha Oriental.

Após a 2ª Guerra Mundial, a Alemanha ficou dividida entre a parte oriental e ocidental. A parte oriental era comandada pela antiga União Soviética e vivia totalmente isolada da parte ocidental.

A Alemanha oriental era chamada de DDR que significa Deutsche Demokratische Republik, e em português ficou República Democrática Alemã ou RDA.

Visitar o DDR Museum é como voltar a DDR nos anos 70.

 

Visitando o DDR Museum

A visita ao museu começa com um Trabant, veículo símbolo da Alemanha oriental. As pessoas ficavam anos numa lista de espera para conseguir comprar o carro.

Dentro do Trabant funciona um simulador, onde é possível dirigir pelas ruas da Alemanha Oriental. É muito interessante.

DDR Museum

A exposição mostra algumas profissões. Algumas dessas gavetas podem ser abertas e possuem objetos relacionados as profissões.

DDR Museum

É possível também ver alguns filmes, programas de TV e de rádio que eram passados na época na Alemanha oriental.

DDR Museum

Alguns produtos encontrados do lado oriental. Produtos que são muito conhecidos hoje, como a Coca-Cola, não podiam ser comercializados no lado oriental.

DDR Museum

Uma parte interessante do museu é a que mostra como era feito todo o controle da população. Tem a reprodução de uma sala de interrogatório e prisão da Stasi, que era a polícia da DDR.

DDR Museum DDR Museum

Simulação também de aparelhos que eram realizadas as escutas. Existiam muitas na época, para capturar possíveis traidores.

DDR Museum

Se você acertar a combinação, uma luz acende no painel

 

Para mim, o ponto alto da visita, é a reprodução de uma casa da época da DDR. Tudo na casa é interativo, e ficamos um bom tempo por ali, mexendo e descobrindo tudo.

Muitos detalhes conhecemos das nossas próprias casas, ou da casa dos avós, como papel de parede, eletrodomésticos, a televisão, alguns objetos. Achei muito interessante essa volta ao passado.

DDR Museum DDR Museum

DDR Museum DDR Museum

Dica: Como o museu é interativo, é interessante procurar um horário que ele esteja mais vazio. Assim poderá aproveitar mais os objetos. Ficamos no DDR Museu por volta de 2 horas.

Existem muitos museus em Berlim, mas vale a pena visitar o DDR Museum!

 

Como chegar ao DDR Museum

O acesso ao DDR Museum é bem simples, ele fica atrás do Berliner DOM, que é a catedral de Berlim, o outro lado do rio Spree.

Endereço: Karl-Liebknecht-Str. 1

Horários de funcionamento

Segunda a sexta-feira e domingo – das 10 às 20 horas

Sábado das 10 às 22 horas

Site oficial do DDR Museum

Valor da entrada para o DDR Museum 9,50€

Se quiser dar aquela ajuda para o blog, sem pagar nada a mais por isso, você pode comprar seu ingresso antecipadamente clicando aqui.

Dica: Visitamos o DDR Museum utilizando o desconto do Berlin WelcomeCard. Veja todas as vantagens desse cartão de turismo.

 

Dica de filmes sobre a DDR (Alemanha Oriental)

Se você quiser ver mais um pouco sobre como era a vida na DDR, existem 2 filmes bons, que já assisti, que mostram bem como eram tudo por lá.

O primeiro é A vida dos Outros, esse filme mostra um pouco sobre a espionagem que existia na Alemanha oriental, para controlar as pessoas que quisessem ir contra o governo e seu regime político.

O segundo filme é Adeus, Lenin! Esse filme se passa por volta da época que aconteceu a queda do muro de Berlim. Mostra um pouco da vida na DDR e depois da queda do muro.

 

Aproveite para reservar seu hotel em Berlim pelo Booking.com


Booking.com

Lembre-se!! Se você quiser ajudar o blog, reserve seu hotel pelo Booking.com diretamente nos links aqui do blog. Dessa forma, receberemos uma pequena comissão e você não pagará nada a mais por isso.


Já está seguindo a gente nas redes sociais?! Aproveita, segue e não perca nenhuma das nossas aventuras e passeios!!

Facebook

Instagram

Twitter

Pinterest

Você pode gostar também

Sem comentários

Deixe um comentário