Aachen Alemanha

A lenda do Printen – Conheça o doce típico de Aachen

Há muito tempo a cidade de Aachen sofreu um grande incêndio, que destruiu quase todas as casas da cidade. A população não sabia mais onde iria morar nem o que comeria, pois, os alimentos também estavam escassos.

 Foi nessa terrível situação que um padeiro se lembrou de um biscoito especial, que era o biscoito preferido do Imperador Carlos Magno, o Grande. Mas ninguém se lembrava da receita original.

Muitos padeiros começaram a fazer suas próprias receitas, mas os resultados não foram bons, os biscoitos não eram saborosos.

Sabia-se que a receita original estava no túmulo do Imperador Carlos Magno, mas ninguém sabia onde era esse túmulo. Além disso, ninguém gostaria de perturbar um morto.

Um jovem aprendiz de padeiro queria encontrar o túmulo e recuperar a receita original do biscoito, mas ele sabia que isso não seria fácil.

De repente, surgiu o diabo e fez uma proposta ao jovem aprendiz:

“Eu te mostro onde fica o túmulo do Imperador Carlos Magno e você me entrega a chave da Câmara dos Tesouros da Catedral de Aachen. ”

E o jovem aprendiz aceitou o acordo.

Na noite seguinte, o diabo levou o jovem aprendiz até o túmulo de Carlos Magno.

Lentamente, o imperador abriu os olhos e perguntou bravo o motivo da perturbação.

Tremendo de medo o jovem aprendiz disse:

“A população de Aachen não está bem, não tem onde morar, nem o que comer”

O imperador respondeu: “sem mim o povo de Aachen certamente não sobreviverá. Eu sempre amei a cidade e a população. Claro que ajudarei! ”

Ele entregou ao jovem aprendiz a receita original do biscoito e fechou novamente os olhos.

O jovem aprendiz entregou a receita para seu mestre, que muito feliz, falou que com o Printen eles conseguiriam reconstruir a cidade. Os biscoitos venderam muito bem e em pouco tempo ficaram conhecidos nas regiões próximas.

Um tempo depois o diabo voltou para pegar a parte dele no acordo, que era a chave da Câmara dos Tesouros. O jovem aprendiz não queria entregar a chave ao diabo, então antes ofereceu uma forma de Printen para ele, para ele provar.

O biscoito cheirava muito bem e o diabo o comeu muito rápido. Depois de comer, ele percebeu que junto com o biscoito, ele tinha comido também a forma.

O diabo teve uma terrível dor de barriga e desapareceu, voltando para o inferno.

E mais uma vez, a população de Aachen venceu o diabo.

Printen Aachen

 

Sobre o Printen

Essa é mais uma das histórias que o povo conta. Já contei algumas por aqui, A Lenda da Catedral de Aachen e a Lenda da Mulher do mercado e do diabo.

Apesar dessa história ser apenas uma lenda, o Printen ainda é fabricado em Aachen e é o doce tradicional da cidade.

Ele é tradicionalmente vendido numa forma retangular e tem um sabor parecido com pão de mel, mas é um pouco mais duro. Para quem não gosta de come-lo muito duro, é só deixar o Printen numa lata com uma maçã, ela vai deixá-lo úmido e mais molinho.

Muitas padarias e docerias vendem o Printen em Aachen, mas todas falam que colocam seu toque especial e o mantem em segredo.

Existem algumas latas decoradas que contem Printen e são vendidas para presentear. São lindas e são muitas opções.

Hoje em dia, existe muitas variedades de Printen, com chocolate, nozes, amêndoas, em vários formatos. Eles são muito utilizados para enfeitar as vitrines das padarias em datas festivas, como Natal, Páscoa e festas na cidade.

Apesar de muitas pessoas acreditarem que o Lebkuchen, um doce muito vendido na Oktoberfest e nas festas da Alemanha, é a mesma coisa que o Printen, não é.

Printen Aachen

O Printen tem algumas diferenças e é exclusividade de Aachen. Ele é escrito muitas vezes como Aachener Printen, que significa Printen de Aachen.

Eu adoro o Printen, e com um cafezinho ele vai muito bem!!

 


Já está seguindo a gente nas redes sociais?! Aproveita, segue e não perca nenhuma das nossas aventuras e passeios!!

Facebook

Instagram

Twitter

Pinterest

 

Você pode gostar também

Sem comentários

Deixe um comentário