Brasil Parceria São Paulo

Bonde de Santos – Um passeio histórico pelo centro de Santos

Fiz o passeio no bonde de Santos durante as minhas férias no Brasil. Nada melhor que aproveitar esse tempo para conhecer mais o meu lindo país!!

Como foi o passeio no Bonde de Santos

Como disse, estava de férias e levei a turma toda comigo nesse passeio, fomos em 7 pessoas.

Quando fiz o passeio, no início de dezembro, o embarque era feito na praça Mauá, bem no centro de Santos. Mas essa praça está sendo revitalizada, e para terminar essa obra, a prefeitura mudou o ponto de embarque do bonde para a estação Valongo, que também é muito fácil de localizar e um ponto turístico da cidade. Acesso o site de Turismo de Santos para ver algumas alternativas de como chegar.

Logo no início, fomos recebidos por uma figura ilustre, o vovô Jessé (como ele mesmo disse). Ele trabalhou como condutor do bonde, por 12 anos, quando ele era um transporte público da cidade.

Ele contou uma história muito peculiar, que foge totalmente da “normalidade” dos dias atuais. Um dia, quando ele dirigia a linha 43 do bonde, os passageiros começaram a gritar para ele parar. Assim ele fez, parou e todos desceram e exigiram que um casal saísse do bonde. Tudo isso porque esse casal tinha se beijado, e dentro de um transporte público era exigido respeito. Conseguem imaginar essa cena nos dias de hoje?!

Enfim, adorei conhece-lo e ouvir as histórias, ficaria ali por muito tempo escutando toda a experiência de vida dele!!

Bonde de Santos

Esse é um projeto da prefeitura de Santos, que achei incrível, onde eles recolocam no mercado os aposentados. Mas sempre em trabalhos como esse do vovô Jessé.

Então, vamos ao passeio!

Centro histórico de Santos

O veículo utilizado é original, construído na década de 20, foi totalmente restaurado e é um dos poucos remanescentes da época.

Bonde de Santos

O bonde percorre o centro histórico de santos, que para quem não sabe, tem muita história.

Logo no inicio vemos a Igreja do Rosário, lugar importante, pois era aqui que os escravos se escondiam e durante a noite fugiam para o quilombo do Jabaquara.

E o passeio continuou com prédios históricos e uma arquitetura interessante.

Centro Histórico de Santos
Painel que resume a história de Santos
Centro Histórico de Santos
Nessa casa, todos os azulejos foram pintados a mão

O relógio da estação de trem, imita o Big Bem. Pelo menos foi o que a guia falou no passeio rs

Centro Histórico de Santos

Passa pelo porto de Santos, Museu do café, onde era a antiga bolsa do café.

Centro Histórico de Santos

Essa é a charmosa rua XV de Novembro, que antigamente era a rua do comercio de café. Ao fundo se vê o museu do café.

E uma coisa interessante é que passamos por vários lugares que tem visitas grátis, museus muito interessantes, que só não fui porque não tinha tempo.

Centro Histórico de Santos

Como esse Museu do Trem Bélico, que fica numa casa de estilo colonial construída em 1640, que servia para armazenar armas e munições para proteger a Vila de Santos dos ataques dos piratas.

Centro Histórico de Santos
Essa casa foi o primeiro banco da cidade e o prédio construído em 1818.

No total o bonde percorre 5km e o passeio dura aproximadamente 40 minutos.

Ponto de Embarque do Bonde de Santos

O embarque é na estação Valongo, próximo ao porto de Santos.

 

Horários do Bonde de Santos

De terça-feira a domingo das 11 às 17 horas

*A venda para a última saída acontece até as 16:30.

Durante a TEMPORADA DE VERÃO: De terça a domingo, das 10h às 17h (saídas a cada 30 minutos)

Ingressos para o Bonde de Santos

Os ingressos são comprados diretamente na bilheteria que também fica na estação Valongo. Agora eles também realizam venda antecipada (mas apenas comprando na própria bilheteria)

Valor: R$ 6,50 para adultos

Crianças até 5 anos não pagam

Meia tarifa para maiores de 60 anos, professores e estudantes

Acesse o site oficial do Bonde de Santos para mais informações.

O passeio foi realmente surpreendente para mim, eu sabia que Santos possuía um centro histórico, mas não imaginei que iria ver e escutar tantas histórias interessantes. Conheci muito mais sobre a época do café. Me arrependi de ter reservado apenas uma manhã para fazer esse passeio, gostaria de ter aproveitado mais os outros museus.
Se eu aconselho esse passeio??
MUITO!! E todos que estavam comigo gostaram e se surpreenderam muito.
Quero fazer apenas uma observação, gosto de ser bem clara e verdadeira, então não posso esconder essa informação que eu considero importante.
Desde que estacionamos o carro, na praça Mauá, fomos abordados por um pedinte. Foi muito incomodo pois em um certo momento, ele chegou a encostar na minha irmã e tememos uma possível agressão. Ele estava nervoso, parecendo drogado, então nunca sabemos a reação dessas pessoas.
Depois do passeio pelo bonde, fomos ao museu do café (conto o passeio num outro post), saindo do museu fomos abordados novamente e dessa vez ele chegou a começar a nos seguir, mas desistiu depois. Novamente, ficamos apreensivos.
Durante o passeio de bonde, não aconteceu nada nesse sentido.

Sei de todos os problemas que existem, morava em São Paulo, quando morava no Brasil, mas é realmente uma pena que isso aconteça bem num centro histórico e turístico, talvez um policiamento maior, nos passasse uma maior segurança.

Portanto, super indico o passeio, mas peço que tomem cuidado e fiquem atentos nas ruas!!

Fiz o passeio com patrocínio do departamento de turismo de Santos, mas o que escrevi é minha real opinião.

Booking.com

Você pode gostar também

8 Comentários

  • Reply
    Arianne Dota
    9 de janeiro de 2016 at 19:26

    Ameeeeei o passeio!!! Está tão perto de nós e nem sabia que existia rsrs quero aproveitar que vimos os museus gratis e voltar lá de novo!!!

  • Reply
    Liliane Inglez
    12 de janeiro de 2016 at 17:28

    Aline, fiz este passeio em 2015 e a-do-rei!! Fui com meu filho que também amou… A bolsa do café é uma atração à parte, né? Tomar um café lá é uma experiência e tanto… A única coisa que me deixou meio triste foi ver que ainda falta muito para revitalizar o centro histórico! Existem tantos casarões lindos lá, mas nem todos em bom estado! Ótimo seu relato, parabéns!!! Bjs

  • Reply
    Guaciara Rhein
    12 de janeiro de 2016 at 17:28

    Que dica bacana! Eu adorei esse passeio, mas fiz há muito tempo, estava grávida do meu mais velho, começo de 2011. Tenho que repetir! Bjs!

  • Reply
    Desempilhados com filhos
    12 de janeiro de 2016 at 17:28

    Já fui à Santos e não sabia desse passeio, que pena… Achei o máximo ter a oportunidade de falar com este "personagem" Jessé e saber como eram as coisas antes. Imagina que legal seria se todos os lugares de cultura adotassem esta ideia? Seria tão legal ter um guia no passeio que pudesse contar como era antigamente. Adorei e achei baratinha. Legal!
    Tati

  • Reply
    Quebrei a Bussola
    12 de janeiro de 2016 at 19:07

    Nossa, não fazia ideia que existia esse passeio – achei o máximo! E esse vovô gente, que coisa mais linda! Tanta história em uma vida, fico encantada 🙂 Adorei conhecer tudo! O centro histórico parece ser cheio de coisas boas mesmo! Anotei 🙂
    Beijos, Julia

  • Reply
    Liliane Arend
    12 de janeiro de 2016 at 20:08

    Que passeio delicioso !!! Também não sabia que Santos possuia um centro histórico!
    Sobre o pedinte :: vcs estavam em 7 pessoas e mesmo assim ele se sentia mais forte do que vcs? Ainda bem que não aconteceu nada.
    Beijocas
    Li

  • Reply
    A Li na Alemanha
    12 de janeiro de 2016 at 20:09

    Li, com certeza ele estava drogado, e aí essas pessoas ficam sem nocao e sem controle. Mas deu tudo certo!! 🙂
    Beijos

  • Reply
    UMA SENHORA VIAGEM
    15 de janeiro de 2016 at 05:50

    adoro passeios de trem e adoro passeios em centro histórico. Só estive em Santos uma vez mas tem muito tempo,tenho vontade de voltar e esse post me animou. beijocas

  • Deixe um comentário