Emilia Romagna Europa Itália Parceria

Museu Giuseppe Verdi – A música clássica e o compositor italiano

Giuseppe Verdi

Giuseppe Verdi é o compositor que mais tem suas óperas executadas até hoje.Foi um dos mais influentes no século XIX, período romântico italiano, e considerado, na época, o maior compositor nacionalista da Itália. Suas óperas continuam encantando pessoas mundo afora.Em 1851 e 1853, atingiu o auge de seu sucesso quando compôs as óperas: Rigoletto, La Traviata e il Trovatore.A Itália é um dos berços da música clássica, nesse país nasceram muitos compositores importantes, então quando fiz meu roteiro de lá, que contei aqui, procurei coisas relacionadas à música clássica. Já que eu amo, e por ter feito ballet desde pequena, esse tipo de música me encanta, arrepia, emociona e traz ótimas sensações.Fiquei alguns dias na província de Parma, onde tem uma pequena cidade chamada Roncole, onde nasceu Giuseppe Verdi, em 1813, e ao lado uma também pequena cidade chamada Busseto, local onde se localiza o Museo Nazionale Giuseppe Verdi. E corri de agendar logo minha visita!!

 


Giuseppe Verdi Busseto
Busseto


O museu

Foi inaugurado em 10 de outubro de 2009, no dia do 196° aniversário de nascimento de Giuseppe Verdi. É composto por uma exposição das 27 obras do compositor, distribuídas em salas da Villa Pallavicino.

Nas salas encontramos quadros, figurinos, histórias sobre as óperas, tudo isso com uma deliciosa trilha sonora de Giuseppe Verdi.

Algumas possuem iluminação especial, para dar a impressão de estarmos numa casa de espetáculos. 


Museu Giuseppe Verdi
Giuseppe Verdi
Sala com figurinos de Rigoletto, La Traviata e il Trovatore
Giuseppe Verdi
Quadro do personagem Rigoletto
Giuseppe Verdi
Sala com figurinos de Aida

Eu simplesmente AMEI, viajei no tempo, nas músicas, nas óperas, tive vontade de dançar, cantar, mas achei melhor poupar as outras pessoas desse “espetáculo” rsrs.

Giuseppe Verdi
Super recomendo o uso do áudio-guia, possui explicações claras e relaciona várias obras do compositor com acontecimentos da época, o que achei muito interessante. Está disponível em 4 línguas: italiano, inglês, alemão e francês. O museu funciona no verão:

de 01 a 31 de marco – de terça-feira a domingo das 10 às 17:30

de 01 de abril a 31 de outubro – de terça-feira a domingo das 10 às 18:30
No inverno: de 01 de novembro a 06 de janeiro – de terça-feira a domingo das 10 às 17:30

de 07 de janeiro a 28 de fevereiro – sábado e domingo das 10 às 17:30                                                       

                                                      – de terça a sexta-feira – Apenas com reserva

Atenção: de segunda-feira o museu permanece fechado!!
A entrada para o museu custa 9€ e o áudio-guia custa 1€.Para maiores informações, acesse a página no Facebook. 

 

Como chegar ao Museu

Como já disse, o museu está localizado na cidade de Busseto, na Província de Parma. Mas possui fácil acesso de trem, é necessário pegar um trem até a Estacão central de Busseto (Stazione Busseto, em italiano), e após fazer uma caminhada de 5 minutos até a Villa Pallavicino, onde está o museu.
O museu fica a aproximadamente 45 minutos de Parma, e as paisagens são tao lindas que nem vimos o tempo passar.


A região em volta do museu também é um espetáculo à parte.

 

Giuseppe Verdi Busseto
Entrada do museu
Giuseppe Verdi
O centro da cidade de Busseto merece uma visita. É pequeno, mas possui o lindo Teatro Verdi, construído em 1868, a contragosto do compositor, pois ele achava que o projeto era muito caro para uma obra que não teria muito uso no futuro. 
Giuseppe Verdi Busseto

Outro ponto importante da cidade é a Casa Barezzi, cujo dono foi o grande patrono de Verdi. Hoje a casa abriga cartas, objetos, programas de óperas, entre outros objetos relacionados ao compositor.

Giuseppe Verdi Busseto

E para encerrar essa postagem cheia de cultura e música boa, vou deixar para vocês La donna è mobile, da ópera Rigoletto, belissimamente interpretada pelo Luciano Pavarotti. 


Lembre-se!! Se você quiser ajudar o blog, reserve seu hotel pelo Booking.com diretamente nos links aqui do blog. Dessa forma, receberemos uma pequena comissão e você não pagará nada a mais por isso.



Booking.com


Já está seguindo a gente nas redes sociais?! Aproveita, segue e não perca nenhuma das nossas aventuras e passeios!!

Facebook

Instagram

Twitter

Pinterest

Você pode gostar também

9 Comentários

  • Reply
    Stephanie
    20 de novembro de 2015 at 06:41

    Oi Li!!! Nossa, amoooo visitar lugares assim, que a gente pode ver como era viver numa outra época. Até consigo me imaginar usando o pretinho básico de época. Um clássico! hahaha 😛

  • Reply
    A Li na Alemanha
    20 de novembro de 2015 at 09:45

    Nossa minha imaginação voa e eu tb adoro!!rsrs
    Bjooo

  • Reply
    Renata Salas Collazo
    20 de novembro de 2015 at 11:38

    Que lugar interessante e bucolico, amaria conhecer…Seria na verdade uma honra, estudei 8 anos de piano e amo Verdi, um dos meu preferidos!!!

  • Reply
    Liliane Arend
    20 de novembro de 2015 at 11:38

    que legal !!! confesso nunca ter sido fan de música clássica, mas desde que comecei a levar a Estela, minha bb de 7 meses, a concertos para bebês aqui em Londres estou começando a apreciar!
    ótima dica.
    beijocas
    Li
    http://www.criandofilhospelomundo.com/

  • Reply
    Desempilhados com filhos
    20 de novembro de 2015 at 13:24

    Esta música é maravilhosa, inspira mesmo!
    Lindo lugar.
    Tati

  • Reply
    A Li na Alemanha
    20 de novembro de 2015 at 13:25

    Nossa que legal, sempre quis aprender piano, acho lindo!! 🙂

  • Reply
    A Li na Alemanha
    20 de novembro de 2015 at 13:26

    Concertos para bebês, essa ideia é ótima!!! Amei!! 🙂

  • Reply
    A Li na Alemanha
    20 de novembro de 2015 at 13:26

    Eu adoro Tati!! 🙂

  • Reply
    Inês Dota
    22 de novembro de 2015 at 09:22

    Tudo muito lindo

  • Deixe um comentário