Alemanha Cidades da Alemanha Heidelberg Região Sul da Alemanha

Castelo de Heidelberg e um passeio pela cidade

Passeio em Heidelberg

Andamos pelo centro da cidade e fomos até a famosa Ponte de Heidelberg, um dos pontos turísticos da cidade. A Alte Brücke (Ponte velha) com seus nove arcos sobre o Rio Nektar, foi construída em 1786-88. No final da Segunda Guerra Mundial, os soldados alemães destruíram parte da Ponte, para evitar o avanço das tropas aliadas. Sua reconstrução foi feita em 1946 e durou 1 ano.

A Ponte é linda e a paisagem que se vê dela é mais bonita ainda.

Heidelberg
O Castelo de Heidelberg visto da ponte
Débora, eu e o Castelo de Heidelberg ao fundo

Na ponte podemos ver o Brückentor (portão da Ponte), ele foi construído na mesma época da ponte e era a entrada norte para a cidade de Heidelberg.

Ao lado do portão encontramos também a escultura de um macaco, Brückenaffee. Diz a lenda que esse macaco existiu, e que ficava na entrada da cidade segurando um espelho e dando boas vindas aos visitantes. Diz-se também que se tocarmos o espelho do macaco, nos trará riquezas, e se os dedos dele forem tocados, ganhamos o direito de voltar a Heidelberg.

Ao lado da escultura do macaco, existe mais uma escultura, dessa vez são ratinhos. Diz a lenda também, que os ratinhos trazem fertilidade para quem os tocar. Sendo verdade ou não, resolvi não  arriscar.

Deixei essa nobre missão para meus queridos amigos, e agora espero ansiosamente pelo meu sobrinho ou sobrinha…rsrs.

Castelo de Heidelberg

No dia seguinte fomos conhecer o famoso Castelo de Heidelberg, ponto turístico mais famoso da cidade. O vasto complexo residencial foi erguido e ampliado sucessivas vezes durante os séculos XIII e XVII. Há duas formas para se chegar ao Castelo, uma é com um ônibus (chamado de funicular), existe um local onde vende os ingressos para o ônibus já incluindo a entrada no Castelo, mas ele sai apenas em alguns horários. Quando chegamos o primeiro ônibus iria demorar para sair, então, usamos a segunda forma para chegar no Castelo, a pé.

É uma subida, mas nada impossível, achei o caminho bem charmoso e aconselho.

Durante a Guerra dos Trinta Anos e o conflito com a França, em 1689, uma boa parte do castelo foi destruída, restante até hoje, apenas ruínas.

No Castelo podemos visitar o que é considerado o maior barril de vinho do mundo, ele foi construído pelo lendário Perkeo, um bobo da corte e figura popular em Heidelberg. Perkeo era um apreciador de vinhos, e diz a lenda popular, que essa era a única bebida que ele conhecia desde a infância. Ele viveu feliz 80 anos bebendo apenas vinho. Na velhice, quando adoeceu pela primeira vez, o médico lhe recomendou beber água. Perkeo seguiu o conselho médico e morreu na manhã seguinte.

eu e o gigante Barril
O pequeno Perkeo
Friedrichsbau (Palácio de Frederico) é uma das partes mais recentes do Castelo, construída em 1601-7. Na fachada há estátuas de membros da dinastia, entre elas a de Carlos, o Grande.
Esse é o único prédio que foi restaurado depois dos vários incêndios. Ele possui uma fachada para o pátio (que é essa da foto acima) e também possui uma fachada com vista para a cidade (foto abaixo).
Os andares superiores foram usados como habitação, e o piso térreo possui uma capela, que funciona até hoje, onde são realizados muitos casamentos.
Essa é a entrada principal do Castelo
Essa torre com o relógio, fica bem na entrada e servia como uma proteção para a entrada do Castelo.
O prédio chamado Ottheinrichsbau, construído entre 1556 e 1559, possui 3 andares e sua fachada contém personagens do Antigo Testamento, além de deuses e deusas. Nesse prédio fica o Deutsche Apothekenmuseum (Museu Alemão da Farmácia).

Museu alemão da Farmácia

A entrada no museu é de graça,e vale muito a pena. Esse museu foi aberto em 1938 em Munique, por uma fundação formada por farmácias da região. Em 1943 o museu foi parcialmente destruído por bombas da Segunda Guerra. E em 1957, foi colocado definitivamente no Castelo de Heidelberg.
Fotos de dentro do Museu da Farmácia:
Fármacia de bolso, de 1910
Esse prédio praticamente em ruínas, é o Englischer Bau, uma construção do século XVII, que Frederico V ergueu para sua mulher, Elizabeth Stuart, que era inglesa.
A entrada no castelo custou 6€. Depois, lá dentro, quisemos fazer um Tour guiado em inglês, que custou mais 4€. O tour valeu a pena porque entramos em prédios que ficam fechados para o público normal, só entra quem faz o tour, como por exemplo o Friedrichsbau.
Antigo aquecedor dentro de um dos dormitórios do Friedrichsbau.
Fotos tiradas no Castelo da vista da cidade
Heidelberg
A Ponte (achei realmente linda, um belíssimo cartão postal)
Heidelberg
E assim se encerrou nosso passeio pela linda Heidelberg!! Também me despedi nesse dia dos meus queridos amigos Débora e Marco, mas foi apenas um até breve, pois já combinamos nosso próximo encontro, e tudo dando certo, será no Brasil!!!

Quem ainda não conhece a cidade de Heidelberg, vale muito a pena conhecer. E para os jovens que gostam de agito, é uma cidade muito movimentada a noite, acredito eu, que por causa da Universidade!! 🙂

Planejando sua viagem?

Estamos aqui para te ajudar! Essas informações serão úteis para você:

 Sempre que viajamos reservamos nossa hospedagem, seja em hotel ou hostel, pelo Booking.com. Tem algumas vantagens e para nós, a mais importante é que a maioria dos estabelecimentos tem cancelamento grátis. Isso ajuda muito, caso tenha algum contratempo ainda antes de viajar. Veja todas as nossas experiências em hotéis/hostels durante as viagens.

Em muitos países o Seguro Viagem é obrigatório e pode ser exigido na imigração. Por isso, nunca viaje sem. Estamos com uma PROMOÇÃO imperdível!! Clique aqui, utilize o cupom PASCOA e ganhe 15% de desconto em qualquer plano escolhido. Se quiser pagar menos ainda, escolha o boleto como forma de pagamento e ganhe mais 5% de desconto.

Ganhe tempo nas suas viagens comprando os ingressos antecipadamente pela Get your Guide. Eles oferecem ingressos para atrações, tours, passeios de barco, ingressos com várias atrações combinadas, entre outras opções. Garanta seu lugar e evite filas!

Fazendo as reservas pelos links acima, você não paga nada a mais e nós recebemos uma comissão, que nos ajuda a manter o blog e trazer sempre conteúdos novos e de qualidade para auxiliar na sua viagem.
Booking.com

Você pode gostar também

1 Comentário

  • Reply
    Inês Dota
    11 de outubro de 2014 at 23:01

    Tudo muito lindo, gosto de castelos e também fico imaginando o que aconteceu ali… É sempre bom ler suas postagens, me faz viajar …..

  • Deixe um comentário