Aachen Alemanha

Custos para se Morar na Alemanha

Tem pessoas que acham que porque estamos morando aqui ficamos ricos, mas ninguém procura saber qual é o custo de vida que se tem aqui. Honestamente, eu e o Arthur trocamos o Brasil para viver na Alemanha pela QUALIDADE DE VIDA que teremos aqui. Ninguém enriquece aqui.
Vou falar um pouco sobre os impostos que vamos pagar em Aachen, não sei se tem diferença para outras regiões da Alemanha, talvez tenha.
Os impostos são obrigatórios, altos e descontados em folha, podendo chegar até 42%. Varia também de acordo com a quantidade de pessoas, com mais pessoas paga-se menos imposto. Para casais e solteiro a porcentagem é realmente bem alta.
São eles:

  • Lohnsteuer – Corresponde ao Imposto de Renda no Brasil.
  • Rentenversicherung – é a Previdência Social, de onde sairá a aposentadoria.
  • Arbeitslosenversicherung – Semelhante ao seguro-desemprego, mas no Brasil não se paga separado por isso, aqui sim.
  • Pflegeversicherung – Auxílio-doença, que no Brasil já está incluído no INSS.
  • Krankenversicherung – É um imposto pelo plano de saúde, que na Alemanha é obrigatório ter, público ou particular. Mesmo optando pelo público, desconta uma porcentagem da folha de pagamento, pois os serviços de saúde aqui são mantidos pelos usuários, com um imposto específico.
  • Solidaritätzuschlang – Quando a Alemanha foi reunificada criou-se esse imposto para ajudar a levantar a Alemanha Oriental. Esse imposto é de 5,5%.
  • Kirschensteuer – É o dízimo obrigatório. O valor de 8 a 9% é descontado em folha e revertido para as Igrejas Católicas. Mas, aqui na Alemanha, as igrejas são obrigadas a mostrar o resultado desse investimento com trabalhos sociais em escolas, orfanatos, asilos, etc. Você só fica isento desse imposto se declarar que não é católico.

Ainda temos o IVA, que é o imposto de 19% sobre bens e serviços. Para alimentos e produtos agrícolas essa taxa é reduzida a 7% já incluído no preço.
Sim, aqui temos muitos impostos, mas aqui se vê o resultado desse dinheiro pago. As pessoas são mais instruídas e conscientizadas fiscalizando e cobrando o governo. Aqui também existe aquela “lei”de vigiar seu vizinho. Outro dia, estávamos passeando com a Amélie e vimos uma senhora brigando com um rapaz que estava de bicicleta e com um cachorro, porque o rapaz não recolheu o cocô do cachorro. A senhora ficou falando até ele tirar uma sacola do bolso e recolher. No Brasil ninguém fala nada se seu cachorro faz cocô na rua e você vira as costas e vai embora.
A Alemanha está longe de ser o país perfeito, mas aqui as coisas funcionam muito mais, os resultados aparecem, e não é só em época de eleição.
Viver na Europa tem suas facilidades. Os países são bem menores territorialmente, as distâncias são menores. O sistema ferroviário cruza a Europa toda e se a passagem for comprada com boa antecedência chega a custar em média apenas 20 Euros. Fora isso, as estradas na Alemanha, por exemplo, são ótimas e não possuem pedágio. Portanto, conhecer alguns países, cidades e lugares aqui não é sinônimo de riqueza, mas sim de facilidade.
Quem já morou fora sabe, que na maioria das vezes a busca é por uma vida melhor, mais calma, mais segura e não uma busca por dinheiro.

Até
Bjooo

Planejando sua viagem?

Estamos aqui para te ajudar! Essas informações serão úteis para você:

 Sempre que viajamos reservamos nossa hospedagem, seja em hotel ou hostel, pelo Booking.com. Tem algumas vantagens e para nós, a mais importante é que a maioria dos estabelecimentos tem cancelamento grátis. Isso ajuda muito, caso tenha algum contratempo ainda antes de viajar. Veja todas as nossas experiências em hotéis/hostels durante as viagens.

Em muitos países o Seguro Viagem é obrigatório e pode ser exigido na imigração. Por isso, nunca viaje sem. Aproveite a promoção de férias!! Clique aqui, utilize o cupom PROTETORSOLAR e ganhe 10% de desconto em qualquer plano escolhido. Se quiser pagar menos ainda, escolha o boleto como forma de pagamento e ganhe mais 5% de desconto.

Ganhe tempo nas suas viagens comprando os ingressos antecipadamente pela Get your Guide. Eles oferecem ingressos para atrações, tours, passeios de barco, ingressos com várias atrações combinadas, entre outras opções. Garanta seu lugar e evite filas!

Fazendo as reservas pelos links acima, você não paga nada a mais e nós recebemos uma comissão, que nos ajuda a manter o blog e trazer sempre conteúdos novos e de qualidade para auxiliar na sua viagem.
Booking.com

Você pode gostar também

26 Comentários

  • Reply
    Camila Pontes
    17 de janeiro de 2013 at 14:42

    To pasma…até dízimo!!! :O

  • Reply
    Aline Dota
    17 de janeiro de 2013 at 15:26

    Pois é amiga, não é fácil não…
    Mas tem um outro lado tb, como moramos aqui pra nós uma viagem de carro (a estrada não tem pedágio) com almoço incluído para Colônia por exemplo, sai por 50,00 Euros…e qto sai pra ir pra praia ai no Brasil?? Incluindo combustível, pedágio, almoço…
    São essas as facilidades de viver na Europa, mas não significa que estamos ricos…como algumas pessoas estão pensando…rsrsrs
    Bjooo

  • Reply
    Matheus Pedroso Junior
    3 de julho de 2013 at 16:59

    Sou de descendência alemã, tenho um sonho de morar na Alemanha. Porém o que parece é que um sonho sem possibilidades.
    Felicidades!

  • Reply
    Aline Dota
    3 de julho de 2013 at 20:48

    Olá Matheus, obrigada pela visita!!
    Tudo vai depender de como vc virá e do trabalho que terá aqui.
    São muitos impostos, mas eles voltam como benefícios para toda população.
    É muito bom morar na Alemanha!!

  • Reply
    Matheus Cordeiro
    24 de julho de 2013 at 10:27

    Olá, to pensando em ir para a Alemanha, agora brasileiros não precisam mais de visto certo? Estou pensando em ir morar em Lebach. é uma boa?

  • Reply
    Aline Dota
    25 de julho de 2013 at 21:15

    Olá Matheus, eu não conheço Lebach, infelizmente não saberei de dizer como é lá.
    Brasileiros não precisam de visto para entrar na Alemanha, podendo permanecer no País por até 90 dias como turista. Mas se pretende passar desse período precisa de permanência, e ai envolve uma série de fatores, vc só conseguirá trabalhar com essa permanência e para consegui-la provavelmente terá que estar matriculado em algum curso de alemão. É simples de entrar, mas para morar tem uma série de exigências.
    😉

  • Reply
    Strife girl
    29 de julho de 2013 at 19:55

    Olá tenho 18 anos e penso em morar no exterior, Alemanha como objetivo principal, estou tentando a carreira universitária, e gostaria de saber como funciona para estudantes como é o mercado de trabalho, morar na Alemanha ja fazia parte dos meus planos futuramente só que tenho um pouco de medo, pois se escuta muito falar de maus tratos a brasileiros… Agradeço.

  • Reply
    Aline Dota
    4 de agosto de 2013 at 18:07

    Olá, não sei te passar informações detalhadas sobre como é a vida de estudante universitário na Alemanha, mas uma coisa que escuto falar é que é mto difícil estudar e trabalhar. Conheço apenas casos de pessoas que cursam mestrado e trabalham, funciona como estágio, e dependendo do caso, não se paga um salário bom, pois a carga horária trabalhada é bem menor.
    Quanto aos maus tratos, sim ja passei por alguns, mas sem muito stress, nada que tb ja nao tenha passado no Brasil. Mas nenhum alemão me tratou mal por ser estrangeira. O grande problema é que eles são bem diretos, mas nao significa que estão sendo mal educados, e isso nem todo brasileiro entende.
    Espero que tenha sorte nos seus planos!!

  • Reply
    Anônimo
    27 de agosto de 2013 at 05:54

    Aline, gostei muito desse seu Blog!Estou na Alemanha também…me identifiquei com suas impressoes daqui!Onde fica sua cidade?Perto de alguma grande cidade?Estou próxima de Regensburg.
    Grata

  • Reply
    Aline Dota
    27 de agosto de 2013 at 06:31

    Ola!! Obrigada!!
    Moro em Aachen, fica a aproximadamente, 1h de Köln ou Düsseldorf!!! A cidade onde vc está é mais para o Sul, certo?!

  • Reply
    Monique Mello
    9 de setembro de 2013 at 16:06

    Aline, seu blog é muito legal, mas me responda uma coisa vc disse q o brasileiro tem acesso livre como turista por 90 dias, mas se pretende trabalhar é muito dificil o visto de trabalho por aí? vc sabe q caminho precisa percorrer? Eu e meu marido estamos pensando em ir para aí ano que vem trabalhar, mas estamos meio sem rumo!

  • Reply
    Aline Dota
    10 de setembro de 2013 at 17:49

    Ola Monique, obrigada pelo elogio ao blog e pela visita!!
    Eu aconselho vcs a tentarem já arrumar uma vaga de emprego antes de vir. Pois nao sei se os 3 meses serão suficientes para vcs procurarem emprego e darem entrada no pedido de permanência no País e autorização de trabalho, não é tao fácil assim. Se pretendem mesmo vir, uma dica é chegar tendo pelo menos uma boa noção da língua, isso ajuda. Qualquer coisa me escreve um e-mail que conversaremos melhor!!
    Bjo

  • Reply
    Alexandre da silva clemente
    26 de setembro de 2013 at 18:22

    Olá Aline tudo bem Gostaria de umas dicas estou louco pra sair do Brasil procurando um lugar pra ir o mais fácil seria Alemanha minha mulher tem sobrenome sangue de alemão ja vimos tem como ela entrar com dupla cidadania isso o que poderia ajudar em relação a morar ai? e tb gostaria de saber se emprego é muito difícil de conseguir o mais complicado que tenho um filho tb e não queria ir para passar fome e sim sair deste brasil que está sendo uma vergonha a cada dia moro em são paulo e está muito perigoso aqui obrigado.

  • Reply
    Aline Dota
    1 de outubro de 2013 at 13:35

    Olá Alexandre, sei o que você sente, também morava em SP 🙁
    Bom, não sei te ajudar muito sobre a cidadania, mas se ela consegue tirar isso abre muito mais portas aqui com toda a certeza, só não sei se é melhor ela começar o processo no Brasil ou direto aqui.
    Quanto a emprego, depende muito da sua área e da região que vocês escolherem para morar, mas como vocês tem um filho, eu aconselho ja vir com emprego certo, pois isso também facilitará sua permanência aqui. Pois sem trabalho nem estudo vc só poderá ficar por 90 e como turista, e acho difícil conseguir a permanência depois disso sem trabalhar ou estudar.
    Espero ter ajudado um pouco, Se quiser, me mande um email, talvez possamos conversar melhor para poder ajudar vocês!! Boa sorte!!

  • Reply
    Bruno Alves de Carvalho
    31 de outubro de 2013 at 16:33

    Boa tarde Aline! Primeiramente quero lhe parabenizar pelo ótimo trabalho no blog, são ótimas e claras as informações que você repassa! Parabéns mesmo!
    Meu nome é Bruno, tenho 26 anos, e minha noiva tem 22 anos. Desejamos morar e trabalhar na Alemanha assim que ela se formar, daqui uns 3 anos, ela cursa engenharia civil. Eu, no entanto, ainda não iniciei meu curso, propriamente por estudar sobre o país e sua demanda. Bem, gostaria de lhe perguntar se é boa a perspectiva de contrato de um engenheiro civil na Alemanha, e se o curso técnico de nível médio é aceito normalmente aí (aquele de dois anos de curso), e se tem demanda de trabalho para área química ou de redes de computadores, cursos dos quais almejo.
    Muito obrigado pela paciência de ler isso tudo! Tenho mais dúvidas, mas não irei tomar seu tempo! Se for possível, gostaria de manter contato com você! Boa sorte e tudo de bom na sua Jornada Aline!

  • Reply
    Aline Dota
    16 de novembro de 2013 at 21:54

    Ola Bruno, mil desculpas pela demora, mas tive um problema com meu computador e sua resposta foi a unica que nao consegui responder pelo Ipad, nao sei porque 🙁
    Primeiro, obrigada pelo elogio ao blog!!!
    Infelizmente, nao conseguirei responder todas as suas perguntas. Sei que Engenharia mecanica eh muito bem aceita aqui na cidade, pois na regiao existem muitas empresas do ramo.
    Uma dica pra vc eh pesquisar algum curso que seja aceito aqui apenas com a traducao do diploma, pois alguns alem do diploma voce tem que fazer curs de adaptacao aqui.
    Se quiser me perguntar mais coisas me mande um email, alinedotaQhotmail.com, se eu souber responderei sem problemas!!
    Espero que consigam vir pra Alemanha!!
    Boa sorte!!
    Bjooo

  • Reply
    anderson silva
    5 de janeiro de 2014 at 13:45

    Olá Aline,gostaria de parabeniza-la pelo blog.Eu moro em Portugal há 5 anos e no próximo ano já tenho direito a nacionalidade portuguesa,portanto tenho acesso livre aos países do espaço Schengen,Eu pretendo morar numa cidade linda que fica no sudoeste da Alemanha que se chama Freiburg,essa cidade fica na fronteira com a Suiça.Eu tenho uma dúvida morando na Alemanha e trabalhando na Suiça eu sou obrigado a pagar impostos nos dois países ou não ????????????????''
    Eu falo Alemão e estou no nível C1 no Goethe Institut.Graças a Deus só falta um ano pois Portugal está cada dia pior.
    Beijos

    Anderson Silva

  • Reply
    Aline Dota
    13 de janeiro de 2014 at 13:17

    Olá Anderson, obrigada pelos elogios ao blog!!
    Não sei ao certo como funciona, mas acredito que tenha que pagar algum impostos nos dois países sim. Te falo isso porque temos amigos que moram na Holanda e trabalham na Alemanha e pagam nos 2 países. Mas é melhor você verificar direito na cidade que você irá morar!!!
    Espero ter ajudado!!
    Bjoo

  • Reply
    Anônimo
    31 de maio de 2014 at 12:54

    Olá, muito interessante seu blog, tenho 27 sou brasileiro, tenho vontade de morar um tempo na Alemanha para aperfeiçoar meu alemão e pela qualidade de vida, sou cidadão português. Para um solteiro quanto tu acha que gastaria mais ou menos por mês? pagando aluguel claro, teria facilidade de encontrar um emprego?

  • Reply
    Aline Dota
    2 de junho de 2014 at 18:33

    Olá, obrigada pelos elogios ao Blog!! Sua pergunta é muito difícil de ser respondida, pois Valor gasto por mês depende muito da cidade que voce irá morar. E quanto ao emprego, também depende muito da sua profissao, se vc fala alemao fluente, se vc fala inglês, qual sua experiencia de trabalho. Esses sao alguns dos fatores que influenciam na busca pelo emprego. O que sempre digo é: Antes de vir para a Alemanha, consiga um emprego, nao é tao facil chegar aqui e em pouco tempo conseguir um emprego que se ganhe razoavelmente bem para se manter. Espero ter ajudado 😉

  • Reply
    Anderson
    8 de junho de 2014 at 17:21

    Olá, parabéns pelo blog, eu pretendo abrir uma academia de jiu jitsi na Alemanha será que é muito complicado?

  • Reply
    Aline Dota
    10 de junho de 2014 at 17:51

    Olá Anderson, obrigada pelos elogios!!!
    Nao sei te informar o que é necessário para abrir, mas pelo pouco que sei nao é tao facil abrir um negócio na Alemanha. Mas o melhor mesmo é voce pesquisar quais sao os procedimentos legais.

  • Reply
    Centro de Ensino Musical
    13 de julho de 2014 at 23:42

    Olá, me chamo Luciano, primeiramente gostaria de parabenizar por seu blog, é realmente muito legal, bom minha dúvida é a seguinte: sou músico formado aqui no Brasil, e como minha mulher tem descendência alemã, estamos pensando em ir para a Alemanha, e gostaria de saber como é o cenário musical aí, se o alemão gosta da música brasileira, pois pretendo tocar e também dar aulas pois esse é o meu trabalho ! Você acha que tem campo de trabalho nessa área aí na Alemanha ? Obrigado,

  • Reply
    Aline Dota
    14 de julho de 2014 at 19:57

    Olá Luciano, obrigada pela visita!!
    A única informacao que consigo te passar, é que por aqui eles dao muito Valor a música. As criancas tem Aula de música na escola, mas talvez voce tenha que estudar alemao Antes, nao sei direito como funciona. Mas quanto a música brasileira especificamente, nao sei te dizer.

  • Reply
    JapStudies
    4 de novembro de 2015 at 15:36

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

  • Reply
    Andréa
    19 de fevereiro de 2016 at 13:36

    Olá Aline. Estou indo com meu marido e dois filhos para passar um ano em Aachen. Meu marido fará o pós doutorado na engenharia, meus filhos irão para a escola e eu gostaria de saber se você tem alguma dica de cursos que possam ser feitos de forma gratuita ou bem em conta (de alemão para estrangeiros, por exemplo), pois a bolsa paga tem um valor bem apertado para uma família de 4 pessoas. Também gostaria de saber se você tem alguma dica de locais que sejam bons e mais baratos para morar. Um abraço! Por favor, se puder me responder via e-mail, eu agradeceria muito ([email protected])

  • Deixe um comentário