Brasil Museu São Paulo

Exposição Renato Russo no MIS, em São Paulo

Minha infância teve trilha sonora, meus pais sempre escutaram muita música. Me lembro de viagens que fizemos de carro, que íamos e voltávamos escutando música. No carro, minha mãe sempre tinha fitas-cassetes e em casa, tínhamos muito vinis. Sim, estamos falando de muitos anos atrás. Entre outras coisas, escutávamos: Queen, Carpenters, Beatles, Bee Gees, Ney Matogrosso, Guilherme Arantes, Lulu Santos, Raul Seixas.. Raul sempre foi o ídolo do meu pai, então, escutávamos muito. Quando eu tinha por volta de 10 anos, minha mãe me apresentou a Legião Urbana, e foi amor à primeira vista.

Gostei muito das músicas e a voz do Renato tinha o poder de me acalmar. Me lembro de pegar o encarte do vinil “Que país é este?”, e ficar cantando repetidamente Faroeste Caboclo até decorar a letra. Compramos o vinil “As quatro estações” logo que foi lançado, em 1989. E até hoje ele é o que tem mais músicas que gosto, o meu preferido. Tive o privilégio de ir no último show da Legião Urbana em Santo André – SP, era a turnê de divulgação do disco “As quatro estações”, e aconteceu em 13 de outubro de 1990. Agradeço imensamente minha mãe, por topar levar uma menininha chata de 11 anos num show da Legião Urbana. Esse momento único ficará para sempre guardado na minha memória. Pena que não temos nenhuma foto desse dia.

Contei toda essa historinha para poder falar o quanto fiquei feliz em saber que, justo no período que eu estaria no Brasil, aconteceria a Exposição Renato Russo no MIS, e claro que fui conferir. O Museu da Imagem e do Som (MIS) fica em São Paulo e tem sempre exposições interessantes. A Exposição Renato Russo no MIS acontece até o dia 28 de janeiro de 2018.

Renato Russo no MIS Renato Russo no MIS

 

Exposição Renato Russo no MIS

Fomos na Exposição Renato Russo no MIS numa terça-feira, que por sorte, é o dia de entrada gratuita, apesar disso, estava bem vazio.

Chegamos e já entramos e a cada passo eu me surpreendia mais. A exposição está em ordem cronológica e começa com muitos documentos e fotos de quando Renato era pequeno, boletim da escola, certidão de batismo, desenhos. Uma linha do tempo conta um pouco sobre a vida dele.

Renato Russo no MIS Renato Russo no MIS

Renato Russo no MIS Renato Russo no MIS

Também estão expostas algumas camisas que ele usou. Algumas em shows e entrevistas.

Renato Russo no MISv Renato Russo no MIS

Fiquei muito tempo lendo e relendo as letras das músicas que ele escreveu. Algumas delas estavam ainda originais, a primeira versão que ele escreveu, outras estavam com anotações, rabiscos. A música Eduardo e Mônica estava lá e era um pouco diferente da versão que conhecemos e cantamos hoje.

São muitos objetos pessoais do Renato, parte da sua coleção de anjos, cartas de tarô, óculos, parte dos seus diários, inclusive a última anotação que ele fez no diário antes de morrer.

Renato Russo no MIS Renato Russo no MIS

Por último, está a remontagem do quarto de Renato Russo exatamente como era.

Renato Russo no MIS Renato Russo no MIS

A exposição é linda, mostra um pouco de quem foi Renato Russo, além do compositor, cantor e poeta. Para quem é fã é imperdível e para quem não é, vale a pena conhecer um pouco sobre a vida e a obra dele, que pelas coisas expostas, comprova-se que era uma pessoa muito inteligente, com uma sensibilidade fora do comum. Eu amei ir na exposição e claro, sai de lá ainda mais fã. Para mim, a poesia dele é perfeita, falou comigo em muitos momentos da minha vida e fala até hoje.

Exposição Renato Russo no MIS

 

Indicação

Para quem quer conhecer um pouco mais de Renato Russo, indico também o livro Só por hoje e para sempre. Que é uma espécie de diário e foi escrito por ele mesmo, em 1993, quando ficou internado em uma clínica de reabilitação. Durante esse período ele escreveu a maioria das músicas do álbum “O descobrimento do Brasil”. As anotações que Renato fez na clínica, foram reunidas, editadas e publicadas pelo seu filho. Já li, gostei muito e recomendo!

 

Informações sobre a Exposição Renato Russo no MIS

Horários: de terça-feira a sábado das 10 as 21 horas, de domingo e feriados das 09 às 19 horas.

Os ingressos custam R$ 12,00 e meia-entrada custa R$6,00. As terças-feiras a entrada é gratuita.

Endereço: Av. Europa, 158, Jd. Europa – São Paulo

Planejando sua viagem?

Essas informações serão úteis para você

 Sempre que viajamos reservamos nossa hospedagem, seja em hotel ou hostel, pelo Booking.com. Veja todas as nossas experiências em hotéis/hostels durante as viagens.

Nunca viajamos sem um Seguro Viagem. Ainda não precisamos usá-lo, mas gostamos de estar prevenidos. Saiba como obter seu Seguro Viagem.

Ganhe tempo nas suas viagens comprando os ingressos antecipadamente pela Get your Guide. Eles oferecem ingressos para atrações, tours, passeios de barco, ingressos com várias atrações combinadas, entre outras opções. Garanta seu lugar e evite filas!

Você pode gostar também

Sem comentários

Deixe um comentário