Alemanha Cidades da Alemanha Munique Região Sul da Alemanha

Como foi visitar o Campo de Concentração de Dachau na Alemanha

Próximo à cidade de Munique fica Dachau, uma pequena cidade onde foi construído um dos principais Campos de Concentração utilizados pelos nazistas durante a 2ª Guerra Mundial, o Campo de Concentração de Dachau.

Campo de Concentração de Dachau

Aproveitamos que estávamos em Munique e fomos visitar. O Campo de Concentração fica a aproximadamente 30 Km do centro de Munique.

Na chegada, passamos no centro de informações para pegar os Áudio-guias. Eles custam 3,50€ e estão disponíveis em português e mais 12 línguas.

Alugar o áudio-guia é importante para guiar a sua visita e para escutar algumas informações importantes. Por todo o campo existem placas informativas, mas mesmo assim, eu aconselho usar o áudio-guia. Junto com o áudio-guia, vem um mapa do campo.

 

Um pouco sobre a história do Campo de Concentração de Dachau

O Campo de Concentração de Dachau foi importante porque além de ser um dos maiores campos de concentração nazistas, foi o primeiro a ser construído, apenas 6 semanas após Hitler ascender ao poder.

Antes de virar um campo de concentração, o local era uma fábrica de pólvora. Em 1933, os nazistas transformaram o local no Campo de Concentração de Dachau. Ele era, inicialmente, destinado a presos políticos.

Esse foi o primeiro campo projetado pelos nazistas. O Comandante Theodor Eicke foi o responsável pelo projeto, e o campo serviu de modelo para a construção de outros campos. Alguns comandantes passaram por Dachau para aprender como comandar um campo de concentração, entre eles está Rudolf Röß, que esteve em Dachau em 1935, e em 1940 passou a comandar o campo de concentração de Auschwitz.

Cerca de 200.000 pessoas ficaram presas em Dachau, e desses 41.500 morreram. Esse é o número que se tem registrado, mas estima-se que ele seja muito maior, pois os prisioneiros que morreram na marcha da morte, ou durante o transporte para outros campos de concentração, não fazem parte desses números.

No início, os mortos eram entregues à família, para que os enterrassem ou eram enterrados nos cemitérios próximos. Mas com o início da guerra e a chegada de mais prisioneiros, foi construído um crematório, para que as mortes fossem mais discretas.

O campo de concentração chegou a ter uma câmara de gás, mas não há registros de que ela foi utilizada.

Em 29 de abril de 1945, a 42ª Divisão de Infantaria do Exército dos Estados Unidos libertou o Campo de Concentração de Dachau. Os soldados americanos encontraram 39 vagões de trem com muitos corpos. Os prisioneiros tinham sido transferidos de Buchenwald, outro campo de concentração, para Dachau e a maioria tinha morrido de fome durante a viagem, e o restante foi abandonado dentro dos vagões.

Quando o Campo de Concentração de Dachau foi libertado, encontrava-se nele cerca de 32.000 prisioneiros ainda vivos.

Campo de Concentração Dachau

 

Como foi a visita ao Campo de Concentração de Dachau

Demoramos cerca de 4 horas para visitar o Memorial. Aconselho separar meio período para realizar a visita.

Na entrada do campo, encontramos os trilhos que chegavam os trens transportando os prisioneiros.

No portão está a frase: “Arbeit macht frei” (O trabalho liberta), que era encontrada em todos os campos de concentração.

Campo de Concentração de Dachau Campo de Concentração de Dachau

É possível visitar a parte onde ficavam os barracões, a câmara de gás, o crematório e onde funcionava a parte administrativa do campo, que hoje funciona um memorial.

Começamos pela parte onde ficavam os barracões. Eles foram todos destruídos depois da guerra, apenas 2 foram reconstruídos para servirem de exemplo. O restante existe apenas uma marcação no chão, representando onde eles ficavam.

Campo de Concentração Dachau

Nos primeiros barracões estão representados os dormitórios, banheiros e lavatórios. Tudo foi reconstruído próximo ao original.

Campo de Concentração Dachau Campo de Concentração Dachau

Campo de Concentração Dachau Campo de Concentração Dachau

Para andar por essa parte, é necessário caminhar pela Lagerstraße. Que era a rua principal do campo.

Campo de Concentração Dachau Campo de Concentração Dachau

Na parte de trás, no final da Lagerstraße, ficam alguns memoriais, a capela católica, capela ortodoxa russa, memorial judaico.

Para o lado esquerdo, encontramos a câmara de gás e o crematório.

O prédio era composto de 3 salas, a primeira era uma espécie de sala de espera, onde os prisioneiros eram obrigados a se despir. A segunda era a câmara de gás e a outra, o crematório, onde ficavam os fornos que os corpos eram queimados.

Campo de Concentração Dachau

Depois dessa parte, fomos para o memorial. Nele está a história da construção de Dachau, como o campo funcionava, informações sobre como era o dia-a-dia dos prisioneiros e além disso, o áudio-guia conta para que cada sala do prédio era utilizada.

Campo de Concentração Dachau

Carrinho onde eram carregados os corpos no Campo de Concentração Dachau

Campo de Concentração Dachau

Objetos que pertenceram aos prisioneiros do Campo de Concentração Dachau

Tem uma sala onde é mostrado um documentário sobre a libertação do campo. O filme é exibido em alemão e inglês. Na entrada da sala fica uma placa com os horários em cada língua.

 

Sensações de visitar o Campo de Concentração de Dachau

Quando chegamos ao campo, o meu primeiro pensamento foi sobre o frio. Estava fazendo 1°C e um vento absurdamente frio. Não pude deixar de pensar como os prisioneiros sobreviveram ali, principalmente no inverno, com pouquíssimas roupas.

Quando saímos do campo, estava nevando e o frio era ainda mais intenso.

Campo de Concentração de Dachau

É um lugar muito triste, onde tudo é cinza. Mas acho necessário conhecer, saber o que aconteceu, como foi escrita, com atitudes brutais, essa parte da história tão cheia de maldade.

Na minha opinião, nossa mente muitas vezes não é capaz de imaginar tanta crueldade. Logo, essa geração que sofreu tanto e sobreviveu, não estará mais por aqui para contar essa história. Então, a existência desses locais é fundamental para as próximas gerações saberem o que o ser humano foi capaz de fazer.

Claro que essas visitas provocam fortes sensações, é muito triste caminhar por lugares onde houve tanto sentimento, onde tanta gente morreu. Mas acredito que, saber a história de alguém que sofreu durante a 2ª Guerra Mundial, é a minha forma homenageá-la.

Mais fotos do Campo de Concentração de Dachau

Campo de Concentração Dachau Campo de Concentração Dachau

Campo de Concentração Dachau Campo de Concentração Dachau

 

 

 

 

 

 

 

Campo de Concentração Dachau Campo de Concentração Dachau

Campo de Concentração Dachau Campo de Concentração Dachau

 

Informações sobre o Campo de Concentração de Dachau

Site oficial do Memorial do Campo de Concentração de Dachau

Horários de funcionamento: Aberto diariamente das 9 às 17 horas.

A entrada é gratuita.

O valor do áudio-guia é de 3,50€.

No Centro de informações existe também uma cafeteria e uma livraria, onde encontra-se livros, filmes e outros produtos relacionados a 2ª Guerra Mundial.


Está planejando sua viagem? Aproveite para reservar seu hotel.

Lembre-se!! Se você quiser ajudar o blog, reserve seu hotel pelo Booking.com diretamente nos links aqui do blog. Dessa forma, receberemos uma pequena comissão e você não pagará nada a mais por isso.



Booking.com


Já está seguindo a gente nas redes sociais?! Aproveita, segue e não perca nenhuma das nossas aventuras e passeios!!

Facebook

Instagram

Twitter

Pinterest

Planejando sua viagem?

Essas informações serão úteis para você

 Sempre que viajamos reservamos nossa hospedagem, seja em hotel ou hostel, pelo Booking.com. Veja todas as nossas experiências em hotéis/hostels durante as viagens.

Nunca viajamos sem um Seguro Viagem. Ainda não precisamos usá-lo, mas gostamos de estar prevenidos. Saiba como obter seu Seguro Viagem.

Ganhe tempo nas suas viagens comprando os ingressos antecipadamente pela Get your Guide. Eles oferecem ingressos para atrações, tours, passeios de barco, ingressos com várias atrações combinadas, entre outras opções. Garanta seu lugar e evite filas!

Você pode gostar também

2 Comentários

  • Reply
    Horst Brandau
    17 de junho de 2017 at 15:12

    No Campo de Dachau não existe uma igreja Evangélica Luterana ,além das duas citadas ?

  • Deixe um comentário